oncontextmenu='return false'>expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

sexta-feira, 18 de abril de 2014

Maquete do Titanic: Dois brasileiros constroem modelo em escala do Titanic

Acima - Amigos construíram miniatura juntos ao longo de 2 anos, entre 2001 e 2003.. Seja bem vindo ao Titanic em Foco
 .
Que admirador ou entusiasta "hardcore" do Titanic nunca se pegou sonhando em ter ou construir uma maquete?

Este é seguramente um dos desejos mais elementares encontrados em praticamente qualquer um de nós, os "Entusiastas Titânicos" enquanto alimentamos o desejo de adquirir itens relacionados ao famoso e infame navio, que entrou para a história em 15 de abril de 1912, no que é hoje tido como o mais famoso naufrágio da história. Em ambos os hemisférios do nosso planeta milhares de entusiastas se dedicam com esmero a entender como realmente foi o Titanic e o que ele representa, enquanto dezenas de colecionadores se dedicam à criação de maquetes do Titanic, sejam elas do tipo "scratch build" (construídas do zero) ou na forma de kits de montagens em variadas escalas, comercializados em lojas de modelismo.

Munidos de admiração, talento e uma dose cavalar de paciência e atenção aos detalhes, dois brasileiros juntaram talento e disposição e deixaram de lado as facilidades dos kits pré frabricados, para criar desde o zero um belo modelo do Titanic em escala 1/100 (1 para 100), que hoje não vendem por menos de 500 mil dólares.

Acompanhe e, quem sabe, inspire-se você também
Dupla gastou R$ 10 mil para reproduzir todos detalhes em uma miniatura do Titanic
Matéria originalmente publicada por Mariane Rossi em http://g1.globo.com em 14/04/2014
.
Dois amigos de Santos, no litoral de São Paulo, construíram um navio em miniatura igual ao Titanic, que naufragou no Atlântico Norte há exatos 102 anos e resultou na morte de 1.514 pessoas. A peça foi feita há onze anos atrás e levou dois anos para ser concluída – entre 2001 e 2003 – e reproduz todos os detalhes da embarcação, considerada na época uma das maiores conquistas da engenharia moderna. O objeto já recebeu várias ofertas de venda, mas seus donos pedem alto para quem tentar levá-lo para casa.

O aposentado Manuel dos Santos, de 72 anos, viveu boa parte da vida a bordo de navios. Ele trabalhava como reparador, eletricista e instrumentista naval. "Comecei a trabalhar com embarcações quando tinha 17 anos, na costa brasileira. Fiquei uns 30 anos na área", conta. Após se aposentar, Santos quis "continuar" entre os navios. Por isso planejou construir um Titanic em tamanho reduzido.

Ao lado - José Antonio Frezza ajudou amigo a construir a miniatura do Titanic.

Na primeira tentativa, o aposentado fracassou. Isso porque ele não tinha as medidas do navio original e faltavam informações para deixar a maquete igual ao Titanic. Vendo o desejo do amigo, o comerciante José Antonio Frezza, de 65 anos, resolveu ajudá-lo nessa "brincadeira". Comprou livros que falavam sobre o famoso navio, nos quais era possível encontrar o tamanho dele e todos os detalhes de dentro e fora da embarcação, além da história do naufrágio, dos mortos e sobreviventes.

Ao lado - Manuel dos Santos construiu navio com base em informações de livros. Na foto Manuel segura um exemplar do livro "Por Dentro do Titanic", com dezenas de ilustrações gigantes criadas pelo ilustrador norte-americano Ken Marschall, famoso por seus desenhos perfeitos do Titanic.

Com base nas informações encontradas, os dois amigos construíram o Titanic em miniatura. "Fomos comprando material, uma prancheta de engenheiro, fizemos as medições certinhas, marcamos e fomos montando. A escala dele é 1:100, ou seja, é 100 vezes menor que o Titanic", explica Frezza.

 Ao todo, a miniatura tem 2,7 metros de comprimento e 30 cm de envergadura. Segundo Santos, que ficou responsável pela construção – enquanto o amigo se concentrou na pintura e no acabamento –, o navio foi todo feito em cedro e balsa equatoriana (tipos de madeira).

"Fui pegando todas as medidas, o modelo, as janelas; as vigas dos camarotes foram todas contadas, têm o mesmo número do original. Também há 16 botes, como no verdadeiro. Para fazer as janelas, usamos broca e lima. Deu trabalho. Os figurantes, os bonequinhos com a roupa da época, compramos em São Paulo", diz Santos. "Já a parte de pintura e o acabamento ficou por conta de Frezza. “O trabalho foi a pintura normal, tipo linha automotiva, igual faz em carros”, diz. Para finalizar, os amigos iluminaram toda a miniatura do Titanic, como se estivesse em alto-mar, à noite. Também colocaram um som no navio, como se partisse de um porto. "Para fazer, tem que ser completo. Só não colocamos a Rose e o Jack", brinca Santos.

"[Construir a peça] Foi um hobby e um desafio", comenta Frezza. Os amigos trabalharam durante fins de semana, gastaram tempo e dinheiro. Só de material, foram desembolsados mais de R$ 10 mil, segundo o comerciante. "Já tivemos várias ofertas, até de US$ 45 mil, mas não vendemos. O preço dele hoje é US$ 500 mil (R$ 1,1 milhão). Por menos que isso, não vendo", afirma Frezza.

Santos fica orgulhoso ao mostrar seu Titanic iluminado. O trabalho acabou sendo fruto de uma amizade, de sua adoração por navios e também serviu para reviver outros tempos. "Eu trabalhei em navios por muito anos. Foi para relembrar [esse período]", finaliza o aposentado.

Reportagem Balanço Geral SP


Galeria

Acima - Com 2,7 metros de comprimento, o modelo em escala possui até mesmo iluminação especial por detrás de suas centenas de janelas e vigias, ressaltando o visual que o Titanic apresentava durante o período da noite. Ao lado - O verdadeiro Titanic, aqui fotografado no dia 01 de abril de 1912 em Belfast, Irlanda do Norte, dia em que sua construção fora finalizada após exatos três anos de obras.
Acima - No mundo do modelismo naval há uma grande gama de escalas de maquete disponíveis para venda, sendo as mais comuns em escala 1/144, 1/150 , 1/200, 1/250, 1/350, 1/700, dentre outras mais... Atualmente não há disponível no mercado kits de montagem do Titanic em escala tão grande quanto o modelo dos amigos de Santos; maquetes deste porte, em escala 1/100, são quase sempre construídas por iniciativa própria desde o zero de maneira artesanal. Ao lado - Em 10 de abril de 1912, fotografado a partir do cais de Southampton, o Titanic é vagarosamente rebocado nas águas do Rio Test, deixando a cidade em sua viagem inaugural.
Acima -  O letreiro "Titanic" aqui destaca-se na lateral de bombordo do modelo. Na vida real o enunciado com o nome do Titanic fora gravado em baixo relevo nas placas de aço que compunham o casco, onde cada letra media 45 centímetros de altura, e foram preenchidas com tinta amarelo cromo, a mesma cor aplicada na faixa decorativa divisória do casco negro. Nos destroços do Titanic, hoje a 3.800 metros de profundidade no Atlântico, o letreiro com o nome do navio ainda pode ser visto gravado no casco. Ao lado - A primeira "aparição" do Titanic nas cenas de "Titanic" (1997), que registra um ângulo similar ao da foto da maquete dos amigos de Santos.
Acima -  O mais alto "convés habitável" do Titanic, nomeadamente o "Convés de Botes", aqui no modelo exibindo os botes salva-vidas Nºs 06 e 08. No verdadeiro Titanic foram instalados 20 botes salva-vidas divididos em 3 modelos e tamanhos distintos. Os dois botes na foto acima mediam 9,14 m de comprimento e podiam carregar 65 pessoas em cada um no navio real. Aqui na maquete as respectivas miniaturas medem por volta de 9 cm apenas. Ao lado - Uma curta cena excluída do filme "Titanic" (1997) que exibe precisamente a mesma área da foto da maquete dos amigos de Santos. Na animação é possível ver cinco botes instalados na área dianteira do Convés de Botes do navio cenográfico. Os botes do verdadeiro Titanic foram instalados a 18,5 metros de altura do nível da água, o equivalente aproximado a um prédio de seis andares.
Acima - Um pequeno grupo de passageiros aqui relaxa no Convés de Passeio da 1ª classe... as miniaturas humanas na maquete tem no máximo 2 cm de altura apenas.
Acima -  O topo da popa do Titanic era utilizado como Convés de Passeio da 3ª classe, onde vários bancos de madeira estavam dispostos aos passageiros que desejassem admirar uma bela vista do oceano e repousar. A área estava repleta de equipamentos e dois guindastes de suspensão de carga, servindo também como área para passeio dos cachorros dos passageiros da 1ª classe.
Acima - Instalada no extremo final da popa do Titanic, a plataforma de navegação permitia que o navio fosse movido com ampla visão em locais que exigissem manobras delicadas, geralmente áreas junto aos portos e obstáculos. Aqui um tripulante em miniatura está junto dos aparatos de manobra, com o timão auxiliar do Titanic em destaque ao centro.
Acima - Entre as várias miniaturas humanas que "habitam a maquete" um casal se destaca: Eles dão um caloroso beijo enquanto estão sentados em um dos bancos... Cena que muito dificilmente teria acontecido em 1912, época de rígidas regras sociais e de um recato que hoje já não existem mais.

Acima -  A característica popa arredondada do Titanic aqui portando a bandeira do país do porto de origem, a Inglaterra. Atada às grades está a pequena placa vermelha que trazia o enunciado "NOTICE - THIS VESSEL HAS TRIPLE SCREWS, KEEP CLEAR OF BLADES" ("Aviso - Este navio possui três hélices, mantenha distância das lâminas"). O mesmo local aqui visto também ficara famoso nas cenas de "Titanic" (1997), nas cenas onde a protagonista "Rose DeWitt Bukater" [Kate Winslet] tenta se atirar do navio, mas é amparada pelo seu par romântico "Jack Dawson", vivido por Leonardo DiCaprio. Ao lado - Um grande grupo de passageiros da 3ª classe do Titanic se aglomera ao sol sobre a balaustrada da popa do navio em 11 de abril de 1912, enquanto o transatlântico está atracado na cidade de Queenstown, Irlanda do Norte, para embarque e desembarque de passageiros e carga. Muito discretamente é possível notar - na foto ao lado - que um dos passageiros, aparentemente usando uma boina, se debruça por sobre a balaustrada na tentativa de ler o conteúdo da famosa placa vermelha atada junto ao gradeamento.

Acima - Gravado sob a popa do transatlântico, o enunciado "Titanic Liverpool" registrava a cidade sede dos escritórios White Star Line, na cidade de Liverpool, na Inglaterra. Do alto da popa do verdadeiro Titanic até a água haviam cerca de 13,5 metros de altura. Ao lado - Um dublê se atira para a "morte" durante as gravações das cenas do naufrágio do filme "Titanic" (1997). Firmemente seguros à balaustrada da popa cenográfica estão o ator Leonardo DiCaprio e a atriz Kate Winslet, intérpretes dos papeis principais da trama que mistura um romance ficcional dos protagonistas com a tragédia do Titanic como pano de fundo histórico.

Acima -  Duas das três hélices do Titanic. As duas hélices laterais de três pás do Titanic mediam 7 metros de diâmetro e pesavam 38 mil Kg cada uma. A hélice central media 5,2 metros de diâmetro e 22 mil Kg. Marcado em numeração decrescente entre a porção negra e vermelha do casco, os números "calado" serviam para indicar a imersão exata do Titanic. O leme do verdadeiro navio media 24 metros de altura, era formado por seis partes unidas e pesava 101 mil Kg. Ao lado - As enormes hélices e o leme do RMS Olympic, o navio-irmão do Titanic, aqui fotografado durante a etapapa final da construção do transatlântico na Doca Seca Thompson, em Belfast, Irlanda do Norte, no ano de 1911, cerca de 1 ano antes da viagem inaugural do Titanic. Ambos os navios foram construídos sobre o mesmo projeto geral, e a foto exibe um ângulo similar ao da foto da maquete dos amigos de Santos.

Acima - Com 2,7 metros de comprimento, a maquete apesar de bem grande tem apenas 1% do tamanho do Titanic real. Seriam necessárias exatamente 100 maquetes deste tamanho enfileiradas uma após a outra para que o comprimento do verdadeiro navio fosse alcançado. Ao lado - O real Titanic se prepara para deixar as margens da cidade de Queenstown em 11 de abril de 1912, sua segunda e última parada no continente europeu. Apenas quatro dias depois desta foto o grandioso navio e 1.500 de seus ocupantes se perderiam no que viria a se tornar a mais conhecida tragédia marítima da história.
mm
Crédito
Texto e fotos de Mariane Rossi - g1.globo.com
Reedição de texto - Rodrigo, Titanic em Foco

34 comentários:

Anônimo disse...

Jose.a

Triste que Titanic em foco ir para o final...

Toda uma referência lá no Brasil, e que também gosta a muitas outras pessoas que o seguem ao redor do mundo.

Você sabe que é a minha questão, os modelos. Primeiro de tudo e eu digo com todo o meu coração parabéns a estes dois homens criaram um modelo muito bonito, e todas as janelas, detalhes, cores são no contexto correto. Parabéns amigos...

Eu sei mais do que ninguém o quão difícil são os modelos, que passei anos com as minhas e ainda não terminei, espero terminar este ano se Deus quiser.

Rodrigo e você, sempre perfeito até o fim, eu gosto de como você indica para o público comum todos os detalhes, dimensões e cores explicando por que cada coisa para os grupos não treinados, perfeito.

Eu gosto desses homens, eles colocaram na ponte acoplamento popa o telefone para comunicar-se com a ponte. é o objeto preto no lado esquerdo do telégrafo na ponte acoplamento popa usado em manobras de atracação nos portos. Apenas especialistas como eu, que estudaram o titanic minuciosamente sabe esses detalhes. ¡muito bons amigos!.

E uma coisa que deve ser dito em favor destes homens fez um bom trabalho a ser construído nos anos 2001 2003, por quê? porque naqueles anos ainda a informação era escassa, mesmo muitas referências utilizadas por eles como os quadros do ken marschall tem alguns detalhes que não eram bons, e ken marschall corrigiu recentemente como cores e algum outro detalhe.

É muito bem todos os detalhes eu gostei, e todo o processo de trabalho para construir o modelo, incrível.

Seria bom que eles compartilham o modelo que eles construíram com muito esforço com o público no Brasil, o modelo seria bom para ser compartilhado por todos e não trancado em uma casa ou uma caixa. Onde muito esforço teria sido desperdiçado e perdido no esquecimento.

“Os modelos só fazem sentido se o nosso trabalho pode ser admirado por outros”

Eu sempre gostei quando você falou sobre os modelos em seu blog.

Forte abraço. Até mais.

Saudações a todos. Obrigado.
Jose Aurelio.
da Europa.

Anônimo disse...

Rodrigo! e a máteria do Britannic!esta em andamento ou n entrou em cena?

Rodrigo disse...

Oi,

na realidade estou prestes à estacionar o blog de vez. Não tenho mais certeza de que quero levá-lo adiante. Mas se meu ânimo voltar, a matéria vai ser publicada. Por hora não estou trabalhando nela, tampouco em qualquer outra matéria.

Me deseje disposição apenas. E sorte.

Rodrigo disse...

Oi Jose,

pois é, o trabalho dos amigos de Santos realmente não está focado na perfeição absoluta de formas e no quesito "realismo"; o resultado que eles obtiveram ficou interessante demais, mas sob um aspecto geral está na área do "lúdico".

Realístico ao extremo ou lúdico, seja qual for o visual, construir um modelo deste porte não é brincadeira para qualquer um. Tem que ter disposição, criatividade, paciência e uma boa dose de dinheiro. Eles gastaram muito ao meu ver, R$ 10.000,00 aqui no Brasil é praticamente o ganho em salário de 1 ano para trabalhos que não exigem grande formação.

Se eles morassem perto certamente eu iria conhecê-los para "trocar figurinhas", porque eu sei as toneladas de história que estão por trás de trabalhos e admiração como a destes dois colegas.

Estou às vésperas de começar uma nova maquete do Titanic em escala 1/120, para substituir a antiga maquete que construí em 2002; e desta vez estou bem "vacinado e treinado" para tentar fazer o melhor daquilo do que eu já vi e do que aprendi nestes anos de pesquisa.

Vamos em frente, estou ainda decidindo a maneira que levarei o blog em frente.

Seja como for, uma nova maquete vai estar materializada em alguns meses de muito trabalho.

Até mais, sempre grato pelo apoio ao blog. Abraço.

Anônimo disse...

Jose. A

Oi rodrigo.

Obrigado pela sua resposta muito interessante tudo o que você diz...

Você precisa ter o cérebro bem colocado a partir de agora tem muito trabalho pela frente.

Você vai precisar de muita força, determinação, habilidade, precisão, curtir o passeio ...

Desejo-lhe bem em seu novo empreendimento para construir o seu novo modelo, é algo que só acontece uma vez na vida, e você tem que ser muito corajoso para fazer, mas é uma viagem muito gratificante quando as coisas são bem feitas eo resultado final é alcançar quase a perfeição.

A primeira coisa que eu vi de você rodrigo foi o modelo iluminado de 2002, eu vi o vídeo no You Tube há alguns anos atrás.

A respeito de seu blog eu não sei se você pode continuar, eu envio todas as minhas forças.

E visto em muitos comentários perguntando porque você não faz uma matéria do britannic, hoje eu vou lhe dar algumas dicas se você quer fazer algum dia, as coisas que você pode pesquisar para sua matéria que fazem parte da história do britannic: (Violet Jessop), (Simon Mills), (Carl Spencer), aqui estão algumas coisas que você pode pesquisar além de outras.

(Preste atenção por favor!!!)
bom, agora voltando à questão dos modelos...

Vou lhe contar outro segredo meu, você sabe onde eu aprendi muito, muito, muito, muito, os detalhes do Olympic, Titanic, e Britannic?...

do artista francês (Cyril Codus)

Ele continua a melhorar o seu trabalho, mas é incrível sua arte e seu nível de detalhe, é como eu um perfecionista eterno, para mim me ajudou muito nos meus modelos e meu melhor compreensão dos navios, para mim ele é o maior junto ken marschall, você pode pesquisar com certeza ele vai ajudar muito para você em seu trabalho com o seu modelo.

Para abrir a boca deixo aqui o link de um de seus desenhos extraordinários: http://rms-titanic.perso.sfr.fr/armement/longitudinale_03.jpg

Espero ter ajudado meu irmão.

Forte e eterno abraço. Até mais. Não me esqueça...

Até a morte RMS TITANIC per sempre o navio do planeta terra.

Saudações a todos. Obrigado.
Jose Aurelio.
Da Europa.

olympic class disse...

cara nao fecha o blog não tudo o que sei do Titanic eu li ai, tenho 15 anos e dês dos 11 anos acompanho seu blog comecei até le livros como uma noite fatídica tenta continuar

Rodrigo disse...

Oi,

fico satisfeito em saber que acompanha o conteúdo, e que o blog lhe serve de alguma forma. Estive mesmo a ponto de estacionar o blog definitivamente, mas agora já penso em levá-lo adiante, de modo ainda mais tranquilo, expandindo apenas pelo prazer de editar matérias.

Seja como for: Postando, não postando, lento ou rápido, o blog vai permanecer no ar, como prova de meu respeito pela história.

Até mais, agradeço o apoio.

Carlos César disse...

Rodrigo, Posta mais matérias , por favor eu lhe suplico, eu lhe imploro, posta outra matéria que seja do britannic qualquer uma! Todos contam com vc! Ninguém posta matéria sobre o titanic com melhor coerência, informação e todo o conteúdo que a contém!Estacionar o Blog seria uma idéia ruim e deixariam todos tristes.Pense bem noq eu estou Falando. é Sério :(

Rodrigo disse...

Oi Carlos.

Tudo o que eu posso dizer é que agradeço o apoio, a consideração e a gentileza. O tempo vai se encarregar de responder qual é o destino e o desenvolvimento do blog.

Vou mentê-lo seja como for, parado ou em movimento. Mas daqui em diante, novas matérias só serão postadas apenas quando meu tempo e disposição curta permitirem; mais ou menos da mesma forma que atuei até hoje.

Até mais.



Carlos César disse...

Graças A deus Ufa... Achei que você nunca mais ia postar mais nada no Blog!Eu e parte do Mundo estamos contando com vc e sua disposição e sua coerência!Obrigado por me ouvir,eu sou chato e crítico...

Priscilla disse...

Rodrigo..aqui eh a Pri...gostaria de pedir de novo o site ou email que vc me passou um tempo atras..para mandar meu curriculo para trabalhar no museu do titanic em Belfast.....antes o que parecia um sonho distante agora ta quase se tornando realidade...to juntando dinheiro e ate final de 2015..se deus quiser...quero estar na Irlanda do Norte....um abraço!!!!

Rodrigo disse...

Oi Priscilla,

Muito bom saber de seu emprenho, te desejo muita sorte na realização de seu desejo. O link específico de envio de currículo para o Centro Titanic Belfast segue abaixo. Até mais, abraço.

http://www.titanicbelfast.com/Site/Careers.aspx

rander disse...

não rodrigo ainda q vc laçi uma materia a cada 3 meses mas nao acaba o blog irmao !

Rodrigo disse...

Oi Rander, agradeço o apoio ao blog. Não fou fechá-lo, independente de que eu edite ou não edite mais. Acredito que ainda vou ficar estagnado durante um tempo, mas quero editar para o futuro. Estou 100% envolvido na construção de uma nova maquete, e isto está tomando todo o meu tempo.

Seja como for, o Titanic em Foco fica no ar como prova de meu respeito pela história.

Até mais, abraço.

. disse...

Boa noite!
Tenho uma curiosidade, o que você acha sobre o documentário que passou no NatGeode um tal Tim Maltin sobre o Titanic?

Aqui está o link: http://www.youtube.com/watch?v=n-aB_Wq1rjY

Obrigada!!!
Dana D'Agostini

Rodrigo disse...

Oi Dana, boa noite.

Eu assisti o documentário em outubro do ano passado, e gostei do conteúdo porque é a apresentação de um estudo especializado feito por Tim Maltin, tentando evidenciar que possivelmente o iceberg foi ocultado por uma distorção atmosférica, uma ilusão de ótica noturna.

Os dados fornecidos são muito interessantes e relevantes; mas Tim Maltin cometeu uma “gafe” quando utilizou distorções atmosféricas diurnas para tentar exemplificar o que teria acontecido aos olhos dos tripulantes do Titanic durante a noite... E esta gafe de mostrar uma ilusão diurna ao invés de uma noturna me deixou com ainda mais dúvida... a realidade é que seria necessário ver o fenômeno frente à câmera durante a noite para convencer o espectador. Se realmente pode ter sido um fenômeno noturno, seria absolutamente indispensável mostrá-lo ocorrendo à noite.

Enfim, de maneira geral o conteúdo é ótimo e o estudo foi muito bem elaborado, apesar de não ter me convencido, e de não estar na lista dos melhores documentários do Titanic já feitos. É de documentários específicos que o Titanic precisa de agora em diante, documentários que foquem de maneira especializada em algum aspecto. O público está saturado de documentários que contam a história de uma ponta à outra, mas de maneira apenas superficial.

Bem, é apenas minha opinião de entusiasta curioso. Até mais, agradeço a atenção ao blog.

Vicente Rocha disse...

Rodrigo, olha que sensacional o que eu achei... não sei se já tinhas visto!
https://www.youtube.com/watch?v=JAjH1rI4eHc

Abraços!

Rodrigo disse...

Oi Vicente, fantástico o vídeo, talvez seja uma das gravações autênticas do Olympic com maior valor histórico, porque exibe locais interiores que não aparecem em quaisquer outros vídeos conhecidos. Ver os atributos tão conhecidos dos interiores do navio em pleno movimento é fascinante.

Lembro que a primeira vez que assisti a esta gravação foi por volta de 2007 ou 2008, e fiquei muito surpreso e emocionado ao mesmo tempo; este filme para mim naquela época finalmente devolveu uma espécie de "alma real" para o Titanic, através do Olympic, é claro.

Ver um filme promocional tão histórico como este faz pensar em quantas imagens em foto e vídeo estão perdidas pelo mundo afora, nas mãos de colecionadores ou esquecidas em arquivos...

De tempos em tempos este tipo tesouro surge como uma grata surpresa para as pessoas que tem curiosidade ou admiração por estas histórias. E eu sei que há muito por surgir... Mas se realmente vai surgir, o tempo é quem diz.

Enfim, que nos próximos tempos tenhamos boas surpresas, pois isto é a parte empolgante de ser entusiasta de algo: A descoberta de preciosidades perdidas no tempo...

Anônimo disse...

Jose. A - Expert do titanic.

¡Oi Rodrigo grande abraço meu irmão que bom conversar com você depois de tanto tempo se apenas assim!.

Como vai o seu modelo, que fez ya?... Eu espero que você mostrar em seu blog ou vídeo quando terminar. Espero que eu ajudei com as minhas recomendações da Codus cyril.

Bem, este é meu terceiro e último comentário nesta matéria.

Eu tenho notícias para você, eu terminei meus modelos em que estava imerso durante tantos anos.

É um pouco estranho, mas nada mais terminar depois de tudo o que eu trabalhei mas agora eu comecei de novo, agora muitos meses pela diante mas vamos para frente não vou desistir.

Agora estou em outro projeto o último modelo que eu vou fazer.

Eu tenho o modelo do Titanic Minicraft, escala 1 350, é de 75 cm de comprimento é excelente e eu vou levá-lo para outra dimensão com peças feitas por mim e grandes detalhes, além de coisas que eu não poderia fazer bem nos meus modelos anteriores.

Estas são algumas das coisas e as mudanças que eu vou fazer;

Grande escadaria clarabóia da proa y popa, chaminés de ventilação, clarabóias banho do oficiais e sala marconi, juntas de expansão, parapeitos dividindo classes, objetos no quebra-mar da proa, tapetes do castelo proa, objetos em paredes exteriores da superestrutura, antena Marconi, caixas de mar, escotilhas comida no castelo da popa, telefone popa e proa, botões e suporte exterior do telégrafo na ponte, caixa adjacente na bloco da elevador da segunda classe, etc... além de janelas, cores, e muito mais.

Ninguém faz os modelos com a paixão, o amor, a arte, eo talento que eu coloco em meus modelos, eu adoro, é a minha vida.

Como expert do titanic estou surpreso que ainda não sabemos como foram pintadas algumas áreas será sempre um mistério. Refiro-me a os telhados dos blocos do convés sobre o que os especialistas como eu ainda estamos discutindo. E muitas outras coisas. O deus Titanic é eterno, Deus enviou.

Rodrigo Uma coisa que eu gostaria de saber a sua opinião, para decidir o que eu tenho que fazer agora neste modelo. Todos nós sabemos o que tem sido dito sobre as chaminés do titanic... e depois de muita pesquisa e quebrar minha cabeça, cheguei a esta conclusão.

(Note que esta é minha opinião pessoal)

Eu acho que a cor das chaminés do titanic o white star buff de 1912 o de ken Marschall, possivelmente não é, o mudou, não era a cor da white star line do 1935 quando ainda existia o RMS Olympic, por fotos e vídeos que eu vejo do Olympic 1935 provavelmente mudou. Existem muitas teorias mas muitos pensam como eu. Bem, minha conclusão é que elas eram mais claras uma espécie de amarelo cremoso. Muitos artistas da marinha e fabricantes de modelo já o fazem assim. Seria como tem atualmente o nomadic na belfast.

Bem nada mais. Se você tiver alguma dúvida ou quiser me perguntar alguma coisa eu posso ajudá-lo em seu modelo.

Até mais. Não me esquecer.

Titanic per sempre.

Saudações a todos. Obrigado.
Jose Aurelio.
Da europa.

Rodrigo disse...

Oi Jose, bom vê-lo aqui no blog novamente. Continuo presente aqui nos comentários, apesar de estar trabalhando freneticamente na maquete.

Estou trabalhando no modelo ininterruptamente desde o dia 17 de maio. Trabalho durante a semana no período da manhã e nos finais de semana inteiros. Não sei se eu havia comentado que mudei de idéia, e estou fazendo uma em escala 1:100, ao invés de 1:120 como anteriormente havia imaginado.

Estou fotografando todas as etapas do trabalho de todas as peças, com datas em todas as fotos. Toda noite eu escrevo um relatório de todos os trabalhos feitos no dia, anotando as datas, os problemas, as compras, os erros e acertos. Vou usar esta espécie de diário para poder contar a história depois aos amigos que vierem ver a maquete, e também para guardar na memória as dificuldades.

Estou com cerca de 290 peças em vários estágios de acabamento, algumas completamente prontas, outras apenas iniciadas. Já tenho bancos, botes, escotilhas de iluminação, as duas clarabóias das duas escadarias, cabrestantes, cabeços de amarração, bobinas de cabo de aço, suspiros de convés, motores dos suspiros, entre uma infinidade de outras peças menores... Ainda faltam centenas de peças a serem modeladas, sigo sem pressa, mas trabalhando constantemente.

Estou muito feliz, pois tudo aquilo que aprendi durante estes anos está funcionando muito bem, há poucos “escorregões” até agora. Quando eu terminar (dentro de mais 4 meses acredito), vou escrever uma matéria sobre o modelo e sobre o trabalho de maneira geral, com fotos e vídeos.

Bom saber que está trabalhando nos seus modelos, se quiser enviar alguma foto ao meu e-mail, ficarei feliz em ver seu trabalho.

Sobre a real cor das chaminés eu só posso palpitar, evidentemente eu não tenho uma resposta. Não gosto das versões muito amarelas, tampouco das versões muito forçadas no laranja ou no marrom. Prefiro um tom mais suave, uma espécie de mistura de ocre, marrom claro e uma leve pitada de vermelho, tudo muito sutil. A cor aplicada às chaminés do cenário de “Titanic” (1997) é a que mais gosto.

Segundo o que estou informado o próprio Ken Marshall acredita que o tom da chaminé do Nomadic está incorreto, muito forçado no amarelo. Eu também não gostei muito do tom utilizado no Nomadic hoje, não está dentro daquilo que eu acredito que tenha sido no passado.

Enfim. Estou a caminho de formular a cor que eu vou utilizar nas chaminés do meu modelo, mas vou fazer testes antes com muita calma, para não me arrepender. Tenho certeza de que vai ficar errado por melhor que seja minha habilidade, mas não quero provar nada, quero apenas fazer um bom trabalho, sem neuroses.

Bem, é isto, me deseje sorte, paciência, criatividade e disposição. Os dias de trabalho têm sido bem puxados, mas compensadores, estou muito feliz com este trabalho. Aí abaixo no link segue abaixo uma foto de algumas das centenas de peças já feitas, em variados estágios de conclusão, algumas prontas, outras apenas iniciadas.

http://i62.tinypic.com/mj682x.jpg

OU...

http://2.bp.blogspot.com/-ClTu4zlL3N8/U5Tx9JVujdI/AAAAAAAAI1c/_DoIphkmdnE/s1600/8.JPG

Até mais, abraço, sempre grato pela atenção ao blog.

Anônimo disse...

Jose. A

Oi Rodrigo.

Obrigado por sua gentileza e consideração.

Sem palavras, eu vi a foto da construção de seu modelo será um modelo extraordinário, dentro de alguns meses eu vou estar ansioso para vê-la em seu blog quando você terminar.

Como eu disse no meu primeiro comentário quando nos conhecemos eu sou um especialista sobre a aparência externa do titanic...

e posso dizer pela foto que eu vi que você está trabalhando muito bem em todos os detalhes, o seu modelo é lindo demais de coração eu digo. Eu não vi completo mas eu acho que vai ser ótimo.

Rodrigo, agora você vai entender por que o Titanic é o melhor navio que nunca vai existir.

Sobre os meus dois modelos, eu acabei sim, mas como eu disse estou agora com este mais recente projecto o modelo Titanic Minicraft 1 350.

Bem, agora muito de ânimo para você e para mim Rodrigo. Vamos atingir.

Rodrigo bem respeito à cor das chaminés do titanic eu já sei que não é ou da nomadic, mas a cor da chaminé atual do nomadic é quase igual à cor que tinha o RMS Olympic e todos os navios da white star line em 1935, e sem dúvida que foi assim porque há fotos de os navios da white star naquela época onde você pode confirmar.

Então isso provavelmente significa que a cor mudou...

Ou seja a cor das chaminés da white star line em 1912 era diferente a cor das chaminés da white star line em 1935...

Exemplo o RMS Olympic não têm a mesma cor das chaminés em 1911 que no final de sua vida em 1935.

Esta é a minha descoberta Rodrigo de minha pesquisa, é a minha ipótesis, eu acho que foi assim que a mudança de cor aconteceu mas você não tem que acreditar em mim, agora, se a minha teoria ajuda-lo a aprender mais e tornar-se mais qualificado excelente.

Espero que você tenha me entendido.

Eu gostei, fantástico Rodrigo vamos em frente até o fim.

“Na vida o melhor é sempre ainda está por vir”.

“O tempo não espera por ninguém obrigado por perder comigo”.

Até mais. Não me esqueça. Bom verão.

Titanic per sempre.

Saudações a todos. Obrigado.
Jose Aurelio.
Da europa.

Carlos César disse...

Rodrigo, Muito tempo que você não posta uma Matéria nova! Estou achando que você estacionou o blog mesmo , Triste por isso

Rodrigo disse...

Oi Carlos, neste momento o blog está de fato estacionado, mas não por falta de vontade de continuar ampliando. A questão é que há 5 semanas atrás comecei finalmente, depois de mais de 10 anos de planejamento, a construção de uma nova maquete do Titanic. Estou trabalhando de domingo a domingo na maquete, ocupando 100% do meu pouco tempo livre, por isto não há tempo para muito mais do que apenas continuar atento ao movimento do blog e responder aos poucos comentários e e-mails. Não estou postando, mas estou sempre atento ao blog.

Dentro de cerca de mais 4 ou 5 meses vou terminar a maquete, e ao final do trabalho vou escrever uma longa matéria sobre a construção do modelo.

Por hora, tudo o que eu posso fazer é agradecer a consideração ao blog. O Titanic em Foco vai permanecer no ar, e dentro de mais algum tempo vou continuar expandindo. Neste momento meu esforço está 100 % focado na realização de um antigo e grande desejo: Construir uma nova maquete do Titanic com toda calma, cuidado e atenção que ela merece.

Até mais, mais uma vez agradeço.

. disse...

Boa noite!
Acabei de ler em um site sobre curiosidades do Titanic e la consta que "Apenas 713 pessoas se salvaram. Calcula-se que cerca de 800 dos 1512 mortos foram devorados por tubarões. Só havia botes suficientes para metade dos passageiros do navio."

Nunca tinha lido que pessoas morreram comidas por tubarões no Titanic!

Poderia me informar sobre isso?
Obrigada!!

Rodrigo disse...

Oi boa noite... Desculpe, preciso ao menos de seu nome. Até.

Dana D'Agostini disse...

Bom dia
Meu nome é Dana D'Agostini...

Rodrigo disse...

Oi Dana,

A frase citada por você "Apenas 713 pessoas se salvaram. Calcula-se que cerca de 800 dos 1512 mortos foram devorados por tubarões. Só havia botes suficientes para metade dos passageiros do navio" é bem típica daquilo que é publicado em sites de curiosidades genéricas.

Faz 12 anos que tenho curiosidade e leio muito sobre o assunto, já passei por dezenas de livros, dezenas de documentários e milhares de sites... Em nenhuma destas fontes houve qualquer menção de que aquela área do Atlântico fosse de incidência de tubarões. Em nenhuma destas fontes as quais tive acesso houve a menção de recuperação de corpos com mutilações que porventura parecessem ser causadas por tubarões.

É bem evidente que todo o oceano está crivado de vida marinha.

Se existe qualquer relato verídico de que tubarões tiveram qualquer ação sobre as vítimas do Titanic, para mim é uma novidade.

Sites de curiosidades distraem, são pops, são interessantes... Mas, via de regra, este tipo de site é recheado de erros, pesquisas mal feitas e declarações enganosas. A história verídica do Titanic não está nos filmes dramatizados, não está nos artigos de revistas, tampouco nos sites "pop"... A história real está nos livros, nos bons livros, nos livros escritos por quem entende, pesquisa e respeita o assunto.

Bem, isto é até onde posso dizer. Até mais.

Dana D'Agostini disse...

Eu imaginei mesmo que não há qualquer evidência sobre tal fato... Mas obrigada pela resposta...

Anônimo disse...

http://www.britainfromabove.org.uk/sites/default/files/imagecache/download/sites/all/lib/aerofilms-images/public/england/EPW041070.jpg

Anônimo disse...

http://38.media.tumblr.com/tumblr_mdxp0irmF41rnde1eo1_500h.jpg







A primeira imagem é do s.s. Olympic na dock 44 southampton do ano de 1935.

A segunda imagem é a iluminação real à noite do S.S. Titanic.

Ultra duas das minhas imagens favoritas.

Vou mandar mais no futuro...

Jose. A

Anônimo disse...

http://www.davideolivera.com/uploads/1/1/4/9/11495735/8262681_orig.jpg







Espero que tenha gostado dessas três maravilhas.

Eu entendo e respeito os direitos de copyright, Por favor, nenhum artista está bravo comigo. Não estamos fazendo nada ilegal, estamos apenas olhando, não estamos a fazer negócios ou fazer dinheiro...

Nós apenas estamos aprendendo, compartilhando, e sobretudo, desfrutar do nosso imenso amor pelo deus Titanic.

Obrigado. Titanic per sempre. Titanic forever and ever.

Titanic a minha obsessão.
Titanic my obsession.

Jose Aurelio.

Anônimo disse...

Jose. A Expert visual do Titanic.

Estou muito pressionado pelo tempo, mas vou fazer uma breve parada para escrever isso para você.

Eu ainda estou estudando subatómicamente o deus Titanic, e espero fazer até o fim, minha paixão é grande e eterna.

Eu não sei se vai ser tarde demais para ajudá-lo em seu modelo, mas vou dizer-lhe as minhas mais recentes descobertas, preste atenção ...

1 - Plaqueta de condensação, ou seja cinza claro em cima dos telhados dos blocos do convés nas coberturas. Na ponte, e após a sua eleição, agora também acreditamos que podem existir na cabina do piloto e chart room, ou seja, até o ventilador.

2 - Bom cinza escuro que você já sabe nas bases de todas as chaminés.

3 - cinza claro, na parte superior da cobertura da caixa da terceira chaminé, na sala de jantar dos foguistas, ofc. Mess, o restante cinza escuro.

4 - Estamos agora no tank room cinza claro no teto sala para fumantes dos foguistas, smoke room, o restante cinza escuro.

5 -no quarto bloco da chaminé cinza claro na parte de trás, sobre 2 class cloak room e deck games o restante cinza escuro.

6 - elevador bloco, da segunda classe, cinza claro no bloco superior das máquinas do elevador ea caixa elétrica no convés a estibordo ao lado do banco para sentar, o restante foi convés.

E agora minhas descobertas recentes: bancos para sentar no deck foram alterados no titanic no caminho da southampton para queenstown. Você decide qual deles irá fazer, e lembre-se, não havia bancos para descansar na frente no teto alto na sala para fumantes da primeira classe no convés no Titanic.

deixo aqui o link para esta incrível descoberta:


http://www.titanic-model.com/dc/dcboard.php?az=show_topic&forum=100&topic_id=29948&mode=full


Outra descoberta recente meu é, ken marschall em uma de suas últimas pinturas, o (Titanic chegar em Cherbourg), você pode discernir claramente uma clara mudança na clarabóia da sala marconi, e me faz perguntar o que eu acreditava em toda a minha vida. Também o livro, Titanic the ship magnificent, não pode saber tudo, sempre haverá coisas que não são conhecidos com certeza...

Bem a novidade é que a clarabóia na sala marconi na pintura de ken tem três janelas em cada lado em vez de dois, se isso ajudalo, eu no meu modelo vou fazer uma combinação, ou seja, na clarabóia no banheiro de oficiais vou fazer duas janelas em cada lado, e sala marconi clarabóia três janelas em cada lado, como ken marschall, eu confio nele, certo.

Espero ter ajudado.

Titanic per sempre.

Thomas Andrews: “O Titanic é quase perfeito para o que o cérebro humano pode fazer”

Jose Aurelio. Obrigado.

Caminha comigo.
Ajudando a consciência coletiva.

Rodrigo disse...

Oi Jose,

obrigado pelas dicas. Allgumas delas vão ser aplicadas. Continuo trabalhando todos os dias no modelo, e sigo bem feliz com os resultados atuais.

Como eu já havia dito, quero fazer apenas um bom trabalho, não pretendo ser o melhor de todos porque eu sei que ainda vou deixar muito a desejar.

Seja como for, as dicas são sempre bem vindas, ajudam a melhorar os resultados.

Dentro de mais 5 meses, acredito eu, estarei terminando o trabalho. Por enquanto sigo trabalhando sem parar.

Até mais.

Anônimo disse...

Nunca haverá um navio tão belo externamente e tão luxuoso internamente como o RMS Titanic.

O símbolo do progresso mecânico.

A maravilha da tecnologia.

O símbolo de uma era.

O navio dos sonhos.

Uma lenda que destrói o tempo.