oncontextmenu='return false'>expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

sábado, 23 de março de 2013

Maquete do Titanic: Artista inglês constrói modelo exato do transatlântico em casa

Acima - O britânico Jason King e sua réplica do Titanic em escala 1:100, com 2,69 metros de comprimento. Material alternativo e milhares de horas de trabalho durante mais de 02 anos, que resultaram em uma maquete com um nível de detalhes que não pode ser encontrado sequer nos melhores e mais caros kits de montagem vendidos ao redor do mundo.

Seja bem vindo ao Titanic em Foco

Certamente entre os desejos mais elementares encontrados em praticamente qualquer entusiasta da história do Titanic, está o de adquirir e montar ou mesmo construir com as próprias mãos uma maquete do famoso navio, que já foi tema de 19 filmes desde que naufragou na madrugada de 15 de abril de 1912. O Titanic está entre os primeiros lugares no ranking das embarcações mais replicadas em miniatura de todos os tempos, e também é uma das mais complexas maquetes a serem construídas, quando considerado a miríade de detalhes técnicos e a complexidade de formas com que o transatlântico foi projetado nos idos da década de 1910; o famoso navio não se deixa replicar facilmente.

Ao lado e abaixo - Apesar de estar entre os primeiros lugares da lista das maiores, mais detalhadas e tecnicamente perfeitas maquetes do Titanic já criadas até hoje, a fantástica maquete com 13,45 m de comprimento - na assombrosa escala 1:20 - construída exclusivamente para as cenas de efeitos especiais de "Titanic" (1997), também contém pequenos erros, notáveis apenas para os mais ávidos e exigentes estudiosos, entusiastas e admiradores. 
.
 .
A relativa raridade de fotografias verídicas do Titanic somada à dificuldade de execução de trabalhos fiéis devido a quase ausência de plantas disponíveis no mercado, faz com que ainda hoje, 101 anos após o naufrágio, existam raríssimos modelos que se possam alegar fiéis ao visual do imortal e sempre lembrado Titanic; a verdade é que nem mesmo as mais sofisticadas recriações escapam ilesas aos erros históricos. Curiosamente até mesmo a esmagadora maioria dos kits de montagem de modelos do Titanic disponíveis no mercado possuem erros: Erros que evoluem desde pequenos detalhes ausentes até grandes gafes causadas pela falta de refino de formas e, em alguns casos, a evidente falta de pesquisa histórica por parte das empresas de modelismo.
 .
Mas Jason King, um entusiasta "Titânico" inglês, com sua grande maquete do Titanic construída desde o zero pelas suas próprias mãos, pode alegar que possui uma das mais belas e corretas recriações do famoso navio exposta em um cômodo de sua casa.



Saiba mais desta história
Um entusiasta do Titanic construiu uma réplica exata do famoso transatlântico em sua própria casa usando material alternativo. Jason king, 40 anos, passou dois anos e meio elaborando meticulosamente com materiais simples o modelo do barco com 2,69 metros de comprimento, o qual agora está em seu estúdio particular. Cada pequeno detalhe da embarcação foi replicado em escala 1:100, até o número de bancos instalados nos conveses superiores do navio. Os materiais utilizados vão desde velhos mecanismos de relógio à videocassetes quebrados. 

Nesta escala de 1:100, seriam necessárias exatas 100 maquetes como a de Jason King enfileiradas uma após a outra para que os 269 metros do Titanic real fossem alcançdos. De maneira prática, cada 1 cm na maquete de Jason equivale exatamente a 1 metro no Titanic verdadeiro.
Acima, esquerda: O Titanic agora se encontra no estúdio particular de Jason. Ele têm recebido uma grande quantidade de ofertas pelo barco, mas quer que seus filhos “o apreciem”, e não deseja vendê-lo. Direita, inserção - O RMS Olympic, navio-irmão do Titanic, fotografado sob o mesmo ângulo a partir do alto dos pórticos de construção nos Estaleiros Harland and Wolff, em Belfast, Irlanda do Norte, no dia 20 de outubro de 1910, quando foi lançado à água pela primeira vez no rio Lagan. Sete meses mais tarde era a vez do Titanic descer a rampa de construção em direção ao seu meio natural. A foto demonstra a precisão do trabalho de Jason, que também consultou fotos do Olympic durante o processo da criação de sua maquete.

Ao lado - Se os amigos da ficção "Jack e Fabrizio" (Leonardo DiCaprio e Dany Nucci) tivessem porventura caído da proa do Titanic enquanto encenavam a famosa cena do "Eu sou o rei do mundo!", a queda seria de 15 metros até a água. Aqui, na maquete de Jason, a distância entre o mesmo ponto - no extremo da proa - até o nível da água é de apenas 15 cm de altura.

 
A construção por dentro: A forma do casco foi feira a partir de restos de madeira. Cada pequeno detalhe da embarcação foi replicado. Diferente da maioria dos kits de montagem, com casco pré-moldado em plástico, o modelo de Jason foi feito com um esqueleto interno de madeira; técnica similar à utilizada no verdadeiro navio, que foi construído com estrutura interna com formato de "costelas" compostas de aço.

Algo arrepiante, Jason terminou o modelo no aniversário de 100 anos do naufrágio do navio, 15 de abril de 2012. Pai de dois filhos – Thomas, de 9 anos e Mathew de 06 – da cidade de Welwyn, Hertfordshire, Inglaterra, ele gastou 2.500 libras (mais de 7.500 reais) em materiais para sua amada obra. Ele disse: “Na verdade me mantive longe de minha esposa [Nicola] por um tempo, o que a deixou muito satisfeita. É parte dos móveis agora. Quero que ele se transforme em uma relíquia de família para que meus filhos o apreciem”. Jason, que trabalha para uma empresa de engenharia, comprou mais de 150 livros sobre o Titanic com a finalidade de investigar sobre cada pequeno detalhe e se "assegurar de que a maquete fosse perfeita."

Grande trabalho de pintura: Ele colocou seu modelo no jardim para que pudesse aplicar tinta em spray. Terminou o trabalho em 15 de abril de 2012, no centésimo aniversário da tragédia. Nem mesmo a configuração real das centenas de placas de aço escapou à atenção de Jason, incluindo também o padrão original dos milhares de rebites visíveis no casco do navio. Aqui as pequenas hélices medem 5,2 e 7,0 centímetros; no verdadeiro navio as mesmas mediam 5,2  e 7,0 metros (maiores que uma casa de 02 andares), e eram fundidas em bronze manganês. Formado por milhares de placas de aço, a maioria com 9,1 m de comprimento por 1,8 m de altura, o casco do Titanic real contava com 2,54 cm de espessura. Aqui o casco foi composto com folhas de plástico estireno branco de 0,25 mm de espessura, que recebeu a devida cor na finalização. Direita - Uma rara vista do Titanic atracado no canteiro de obras da construtora Harland and Wolff em 1911, durante o processo de equipagem, antes da instalação das 04 chaminés. (Fonte: Titanic in Photographs)

 
Meticuloso: As chaminés, guindastes, acessórios, mastros e botes salva-vidas foram todos construídos a partir do zero por Jason, que investigou o projeto para garantir que cada detalhe fosse corretamente recriado. Nesta foto se vê os botes salva-vidas Nºs 10, 12, 14 e 16. Cada chaminé no Titanic real media 19 metros de altura, na miniatura de Jason as mesmas medem 19 cm. Cada um destes botes salva-vidas no Titanic media 9,14 m de comprimento, com capacidade de embarcar 65 pessoas em cada; aqui a réplica de cada um deles mede 9,1 cm apenas.

Navio de luxo: Jason gastou mais de 2.500 libras em material para construir a maquete. Esquerda - O RMS Olympic, navio-irmão do Titanic, é saudado por um pequeno grupo de mulheres em abril de 1919 no porto de Southampton, que se despedem de um grupo de 5.000 soldados de partida para o Canadá. A foto registra a perfeição das proporções na maquete de Jason.

Ao lado - Com 2,69 metros de comprimento, se colocada em pé, a maquete de Jason King é 89 cm mais alta do que alguém com 1,80 m de altura. Maquetes do Titanic nesta escala não estão disponíveis comercialmente no mercado de nautimodelismo.

Ele admitiu: “Foi um pouco de tentativa e erro. Eu havia construído alguns outros modelos do Titanic anteriormente, mas nenhum tão grande como este. Eu não queria construir um modelo deste tamanho e economizar em nada. Assim fiz uma boa investigação, analisando fotos antigas para me assegurar de que tudo estava correto. A maioria das pessoas sequer nota os detalhes, mas eu queria me assegurar de que nada estivesse errado”

Jason calcula que investiu a assombrosa quantia de 25 horas por semana trabalhando em seu modelo durante mais de 24 meses.

Neste trabalho de amor Jason passou mais de dois anos fabricando a maquete e têm recusado propostas de compra de milhares de libras. Desde que o completou já recebeu muitas ofertas, mas recusou todas. Ele, que já havia construído uma replica menor do navio naufragado anteriormente, disse: “Uma vez terminado, o primeiro pensamento em minha mente era somente desfrutá-lo. Não digo que nunca venderei, no entanto depois de ter vendido dois anteriormente só quero aproveitar este. Levou exatamente dois anos trabalhando quase todos os dias. E isto mostra que se você coloca seus pensamentos em algo, pode conseguir. Sem dúvida a maquete tem um fator surpresa. As pessoas ficam impressionadas pelo tamanho e o nível de detalhes quando a vêem”.

A maquete do Titanic em escala 1:100, com 2,69 metros de comprimento, construída por Jason King mais de perto


.
Abaixo: Ao concluir o fantástico modelo do Titanic em abril de 2012, Jason King ainda reuniu fôlego e literalmente mergulhou numa nova aventura de construção, iniciando um modelo inédito da proa do Titanic na mesma escala de 1:100, que exibe o panorama do transatlântico devastado imediatamente após a colisão com o leito do oceano depois do naufrágio. Jason King baseou sua nova réplica em fotografias e vídeos dos escombros do verdadeiro Titanic, no entanto teve de usar muito esforço e criatividade para virtualmente reverter o processo de corrosão do Titanic e "levá-lo" novamente às primeiras horas do dia 15 de abril de 1912 quando finalmente pousou no leito marinho depois do mergulho fatal aos 3.800 m de profundidade do Atlântico Norte. Na descrição do vídeo abaixo Jason diz: "Este é meu mais recente modelo, completado em maio de 2014. Eu construí este modelo do zero na escala 1:100. Tanto quanto estou informado um modelo deste tipo nunca foi construído antes. Ele retrata como eu imagino o visual do Titanic na manhã imediatamente após o naufrágio quando ele atingiu o fundo do oceano.".


.
Abaixo: Jason King posa junto de suas duas obras fantásticas. Aqui a arte, a criatividade e muito talento se colocaram a serviço da história numa viagem no tempo que retrata o destino fatal do mais famoso navio já construído.
Crédito
 Com informações de "planetadeaficiones.com" e "ecochunk.com"
Fotos - Acervo particular de Jason King
Tradução, adaptação e reedição de texto e imagens - Rodrigo, TITANIC EM FOCO

24 comentários:

Maycon Lima disse...

Olá Rodrigo, como vai? Sua matéria ficou ótima aliás, como todas! Bem, essa matéria me ajudou muito pois queria encontrar alguém que me desse dicas e informações mais técnicas e profundas do Titanic, pois depois de uma briga familiar a construção do meu modelo se cessou, então queria voltar a construir um outro, mas com materiais mais simples do que os que usei anteriormente, e o meu desejo é de alcançar esse nível! Você por acaso não teria o contato desse artista, como por exemplo endereço de e-mail, ou um blog ou um website que eu poderia encontrar essa informação, para coletar com ele dicas e informações importantes! Grato desde já. Matheus J. F.

Anônimo disse...

Oi tudo, fala Jose Aurelio, Rodrigo do que bom, que bom você tocar no meu assunto, e eu digo isso porque os modelos é uma das coisas que me fascinam, eu estou ciente de todos ou quase todos do Titanic, eu já Eu sei que este modelo, mas eu estou contente de vê-lo em titanicemfoco.

Por algum tempo, eu senti que você poderia tocar neste assunto, eu estava contente de ver a notícia.

Bem, vamos ver, agora e disse conocco finos detalhes externos do Titanic, e este modelo de Jason King, que eu descobri recentemente, é um dos melhores dos melhores do mundo, realmente, digamos, para dizer o mínimo, é extraordinário.

muito bom o modelo de 1997,para o filme de james cameron, mas não é perfeito, há outro modelo de fine art models um dos melhores do mundo, que levou sete anos em construção, mas também o nível de detalhe tem algumas imperfeições, caso contrário, muito bom, Duilio Curradi do vídeo está no YouTube é, Anima del Titanic, tudo isso e disse que eles são os melhores do mundo, mas nenhum tem o nível de detalhe de Jason king, também uma coisa acontece, e que é, foram descobertos nos últimos anos detalhes do titanic que não eram conhecidos, e são agora conhecidos, e não há um consenso, aceito por especialistas que alguns detalhes do navio em que ele duvidava, ou não havia conhecimento, estão agora resolvidos, o que permitiu Jason King fazer um trabalho, sublime.

Agora vou falar de mim, eu estou fazendo alguns modelos do RMS Titanic 1912 e RMS Queen Mary 1936, começou em 2009, e em poucos dias eu vou terminar, os dois modelos, que fizeram dois de uma vez.

E eu quase louco, porque eu sou um perfeccionista, mas ele nunca desistiu, e se Deus quiser, o acabamento em algumas semanas.

para mim, os melhores modelos que nós fazemos, nós fazemos uma contribuição para manter o Titanic, em nossas famílias, ou em geral que deu, ou vendidos a outros, ou exibido em um museu.

e depois há também algo muito importante, os modelos que nós fizemos, nós sabemos que a criação de uma conexão profunda com o objeto, que é algo que se criou, com sacrifício, dedicação e trabalho duro, você me entende rodrigo, porque se eu não me engano, você também construiu vários modelos.

muito boa a matéria, muito feliz.
Cuide de si mesmo com amor rodrigo.
Saudações a todos, obrigado.

Jose Aurelio, Astúrias, Espanha, 27 anos.

Baraka disse...

Que perfeição!!!!

Rodrigo - Titanic em Foco disse...

Oi Matheus. Infelizmente não tenho o contado do artista, apenas republiquei a matéria. Mas acredito que ele deva estar nas redes sociais.

Até mais, boa sorte no trabalho.

Rodrigo - Titanic em Foco disse...

Oi Jose Aurelio.

Realmente, dos modelos construídos em casa desde o zero, este de Jason é o mais fiel e tecnicamente bem feito que eu já vi. Ele não escapa à raros erros e/ou problemas, mas é extremamente bem construído.

Tanto o modelo da Fine Arts quanto o de James Cameron estão no topo dos melhores já feitos, a quantidade de detalhes e o nível de qualidade técnica está fora do alcance de qualquer pessoa, apenas empresas especializadas são capazes de trabalhos como os deles.

Eu soube do modelo de Duilio através do filme "A Camareira do Titanic" (The Chambermaid on the Titanic), ele foi utilizado nas cenas de efeitos especiais. Curioso mesmo é que ele fez a maioria das acomodações interiores da maquete para serem expostas, mas resolveu colar todos os andares juntos, fechando para sempre a visão do interior de sua maquete. Eu vi o vídeo, e é um modelo lindo.

Pessoalmente eu adoro estes trabalhos de arte relacionados ao navio, eles são a materialização visual que certifica o quanto a história detém a atenção, curiosidade e admiração de tantos ao redor do mundo.

Quero ver seus trabalhos, eu imagino o quanto de mão de obra estejam dando. O Queen Mary me parece 3 vezes mais complicado de se construir do que o Titanic.

Até mais, novamente e sempre grato pela atenção ao blog.

Anônimo disse...

vc poderia colocar o link das fotos do olympic dessa materia

Anônimo disse...

Olá amigos , apreciei muito a maquete desse inglês, mas gostaria de dizer que aqui no nosso pa is existem modelistas navais de primeira.
Gostaria de aproveitar o ensejo e postar um link do encouraçado Bismarck escala 1:00 o qual estou produzindo também.
Abraços e ate mais
Norberto

Anônimo disse...

escala 1:100 corrigindo o erro.

Anônimo disse...

http://www.shipmodels.info/mws_forum/viewtopic.php?f=13&t=42854



Bismarck em escala 1:100 scratch builting

Rodrigo disse...

Oi Norberto

Não tenho a menor dúvida do talento dos artistas modeladores brasileiros. Eu vi parte de seu trabalho através do link e gostei muito, é um trabalho muito minucioso e bem clean. Apenas quem têm talento, paciência e gosto pode fazer um trabalho assim.

Eu ainda pretendo fazer uma modelo realmente digno do Titanic em escala 1:100, e passei os últimos anos estudando um pouco sobre as técnicas de modelagem. Infelizmente não estive praticando modelagem. Mas reunindo minha experiência com trabalho artesanal, acredito que nos próximos anos irei começar meu trabalho.

Trabalhos como estes são fascinantes.

Anônimo disse...

Olá Rodrigo, seja bem-vindo ao mundo modelístico. eu tb gosto muito do Titanic e tenho um livro chamado anatomia do Titanic em inglês e cheio de imagens.
Comece aos poucos, tenho certezaque a vontade de realizar os modelos te dará um impulso extra.
Valeu pelo comentário
Norberto

Rodrigo disse...

Oi Norberto

Olha só, também tenho este exemplar no meu acervo. É sempre indispensável consultar fotos de época na hora de solucionar dúvidas, as imagens não mentem.

Vou ainda adquirir bons planos para me auxiliar no processo, especialmente os planos de chapeamento e rebites, cuja falta hoje me impedem de começar meu trabalho.

No que depender de meu amor pelo navio e de minha vontade de fazer bem feito, o trabalho têm boas chances de ficar muito bom. As soluções criativas e o aprendizado vão ficando para a hora do "vamos ver", kk.

Até mais, boa sorte com suas criações.

Anônimo disse...

Obrigado Rodrigo, aproveito para parabenizar esse seu site, relamente muito mais elaborado de que muitos estrangeiros.
Abs
Norberto

Rodrigo disse...

Opa, obrigado Norberto. Fico satisfeito em saber que o conteúdo é bem visto. Minha edição é muito simples, mas faço o que está a meu curto alcance.

Anônimo disse...

My name is Jason King and i am the builder of this model. You have created a very nice page to show some of my photos. Thanks. You can see more photos on the Titanic Research & Modeling Association website, in the completed models forums. I also post images on some Titanic model pages on Facebook. I am currently working on a new Titanic model.

Rodrigo disse...

Hi Jason

It is truly a pleasure receive your comment and opinion. When I saw your model I was charmed by the beauty, cleanliness and perfection of forms that you reached. I needed to post about your creation, as this is an inspiring work for all of us who love art and Titanic's legacy. Although I not have Facebook, I'll follow your newest creation by TRMA website. I wish you all the creativity in this new venture, whereas talent you already have. There's no words to congratulate for your craftsmanship, only: BRAVO!

I hope to post about your new work in the near future. A big hug from an brazilian Titanic enthusiast.

Anônimo disse...

ola rodrigo meu nome e felipe eu queria saber se existe uma planta exata do titanic pois as que encontrei algumas medidas estao erradas

Anônimo disse...

ola rodrigo meu nome e felipe eu queria saber se existe uma planta exata do titanic pois as que encontrei algumas medidas estao erradas

Rodrigo disse...

Oi Felipe,

até onde eu sei só há projetos bons do Titanic à venda fora do Brasil. Sejam projetos de todas as acomodações ou projetos para construção de maquetes, todos eles estão disponíveis para venda no exterior, especialmente através de sites de venda, sempre a altos preços.

Aí estão os mais famosos projetos disponíveis hoje. Os dois primeiros foram desenvolvidos especificamente para a construção de maquetes. O último é um plano que exibe todas as acomodações e conveses do navio, próprio para a pesquisa estrutural e visual. Os planos no segundo link sequer são enviados para o Brasil.

http://www.titanic-plan.de/planinfo_e.html

http://www.titanic-cad-plans.com/titanic/

Feito, o Magnífico disse...

Oi Rodrigo, você sabe onde eu posso aprender a fazer um modelo do RMS Titanic parecido com este do Jason King? Ou um parecido com a sua maquete que aparece na animação em cima de “Matérias mais recentes”?
Eu sou Davi Alves Macêdo

Rodrigo, Titanic em Foco disse...

Olá,

não há um local com um tutorial realmente completo amigo... A Internet está absolutamente lotada de boas fontes de referência, e é preciso pesquisar muito, com muita vontade.

O site "TRMA" (Titanic Reasearch and Modelling Association) é um dos melhores, pois é o maior, mais conhecido e mais importante site de modelismo específico do Titanic. Nele há toneladas de forums que podem responder algumas dúvidas durante o processo. O site é referência mundial, e não é a toa que está no ar a mais de 12 anos.

http://titanic-model.com/

Eu desconheço qualquer tutorial sobre a construção de modelos como o de Jason. Modelos como estes, com este porte e este nível de detalhamento, só são possíveis quanto se junta muita vontade, uma boa dose de conhecimento com trabalho artesanal, muita pesquisa e muita dedicação (e falo de dedicação extrema mesmo, trabalho para arrebentar os nervos, suar de verdade).

No meu caso, por exemplo, são 18 anos de interesse, sendo que 12 destes 18 anos foram de pesquisa... E lá se vão 19 meses de trabalho pesado no meu modelo.

Então, se você tem muita vontade e alguma habilidade para trabalhar com materiais complexos, a Internet está aí extravasando fontes por todos os lados, basta querer de verdade e botar as mãos na massa sem medo de trabalhar muito. Nunca ouvi falar de ninguém que tenha feito uma maquete apenas e tenha acertado de primeira... Todos os que eu conheço fizeram muitas tentativas e foram melhorando com o decorrer do tempo e prática.

Bom, em breve eu concluo o meu modelo e ele virá para cá em forma de matéria, é questão de tempo apenas.

Até.

Feito, o Magnífico disse...

Rodrigo, você pode tirar uma dúvida minha? De que material era feito o teto da ponte de comando do RMS Titanic?
Um material cinza, como o do modelo do Jason King (e a seu modelo): http://www.micromark.com/RS/SR/Alternative/85205~1_R.jpg
Ou de madeira como o modelo 1:20 de 1997: http://3.bp.blogspot.com/-cvIoaItqKAs/TiTJt-1VGtI/AAAAAAAAB1A/f7QXK4mhiHs/s320/Titanic%2Bmodel.jpg
Por favor, me responda o mais rápido possível porque eu vou ao Parambu amanhã (21 de dezembro de 2015, 11:45 [hora de viagem na passagem, no ônibus Princesa dos Inhamuns]) e só voltarei para Fortaleza entre o final de dezembro de 2015 e o começo de janeiro de 2016.
Até lá, amigo! : )

Rodrigo, Titanic em Foco disse...

Esta é uma questão bem chata que se arrastou durante muitos anos, onde alguns alegavam que o teto da ponte era composto de ripas de madeira crua sem pintura, enquanto outros alegavam que ele deveria ser contínuo e chapado na cor cinza.

Hoje é geralmente aceito que o teto da ponte de comando, que realmente era feito de ripas largas madeira por baixo, era recoberto por camadas de lona intercaladas e pintadas entre as camadas com material impermeabilizante. O acabamento final deste teto era pintura cinza, portanto o visual era de um teto contínuo cinza por cima, enquanto que dentro do teto da ponte de comando era possível ver as ripas pintadas de branco, assim como toda a ponte era branca por dentro.

O teto da ponte de comando, e a ponte de comando como um todo, era obrigatoriamente feito de madeira, pois o aço causava interferências na bússola, por isso esta área todo possuía a menor quantidade possível de aço para evitar este problema.

E assim você vai encontrar modelos com as duas versões: teto com ripamento de madeira natural como no resto do convés... e teto com a cor cinza.

A versão mais aceita entre a maioria hoje é de que realmente era cinza, por isso optei pelo que é aceito como correto hoje.

Até, boa viagem.

Feito, o Magnífico disse...

Olá; existe alguma foto do teto da ponte de comando do RMS Titanic para tirar a prova?