oncontextmenu='return false'>expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

domingo, 22 de abril de 2012

Titanic em 3D - Crítica (Por Rodrigo, Titanic em Foco)

Seja bem vindo ao Titanic em Foco

O que você lerá a seguir é uma crítica pessoal relacionada ao relançamento do filme Ttanic em 3D, que entrou em cartaz nos cinemas brasileiros no último dia 13 de abril. Estas são impressões minhas (Rodrigo, editor do Titanic em Foco), portanto não servem como crítica de cinema, visto que este é o filme responsável pelo “start” de minha admiração relacionada à história real do Titanic, que posteriormente resultou na criação deste blog, o Titanic em Foco.

AcompanheAcima: De uma das principais cenas do filme, o modelo construído em escala 1:20, com 13,45 metros de comprimento. A maquete demorou 5 meses para ser concluída, incorporando extremo nível de detalhes técnicos. A cena fora gravada em estúdio fechado com uma câmera de movimento controlado por computador. Na pós-produção a tomada recebeu os toques da realidade com a adição de pessoas, fumaça, pássaros, céu e mar gerados através de complicados métodos de computação gráfica e animação. Este grande modelo permanece até hoje como uma das maiores e mais completas maquetes do Titanic já construídas.

Curiosidade:
Com 13,45 metros de comprimento, esta maquete era 4,31 metros mais longa que os 14 botes salva-vidas principais do verdadeiro Titanic, que mediam 9,14 metros de comprimento e tinham capacidade para 65 pessoas em cada um.


Titanic: O navio dos sonhos e o filme inesquecível

Quinze anos se passaram desde o seu lançamento original, e o filme Titanic retornou às telas dos cinemas mundiais à tempo de celebrar o centenário do naufrágio do navio no qual foi inspirado. Relançado mundialmente a poucas semanas, e no dia 13 de abril nos cinemas brasileiros, a superprodução retorna à mídia e aos corações de seus espectadores e admiradores batendo novos recordes de arrecadação.

"Titanic 3D" bate records na China mesmo com cenas censuradas (AQUI)

Após mais de um ano sendo meticulosamente convertido para o formato 3D, um complicado processo que consumiu 18 milhões de dólares (!), o longa-metragem de 3 horas e 14 minutos de duração têm recebido uma mistura de críticas que pendem entre o amor incondicional dos fans mais fiéis à azedas análises de críticos de cinema. No entanto, as 14 indicações ao Oscar de 1998 e 11 estatuetas que recebeu, são depoimento materializado do enorme sucesso desta superprodução.



Os 11 Oscars de Titanic: Melhor filme / Melhor Diretor / Melhor Trilha Sonora Dramática Original / Melhor Trilha Sonora / Melhor Edição / Melhor Fotografia / Melhor Direção de Arte / Melhor Figurino / Melhores Efeitos Visuais / Melhor Edição de Som / Melhor Canção Original

Diferente de todos os demais filmes sobre o Titanic (e pasmem: são cerca de 19, entre minisséries, desenhos e filmes para o cinema), esta é a única produção que ousou ser quase tão grandiosa em sua realização e detalhes históricos quanto fora verdadeiramente grandiosa a história real do RMS Titanic.

A um custo estimado de 200 milhões de dólares, cifra que o fez entrar para a lista dos filmes mais caros já produzidos, Titanic é uma daquelas obras em que (como citado há alguns anos) “pode-se ver cada centavo gasto na tela”. E sem exagero, esta citação é uma verdade plena.

Ken Marschall...........................................................................................................................Don Lynch
Para mostrar o Titanic no auge de sua glória e terror, o cineasta James Cameron recorreu à uma vasta pesquisa histórica acerca dos fatos e dados da curta existência e grande catástrofe do Titanic.

Entre centenas de colaboradores envolvidos no processo de produção, ele contou com o apoio de dois grandes historiadores do Titanic: Ken Marschall (área visual) e Don Lynch (área histórica); estes dois são grandes autoridades no que se refere à história verídica do Titanic.

Munido de toneladas de dados e fragmentos históricos, James Cameron em 1996 optou por reconstruir o Titanic em escala quase tão grande quanto fora o navio verdadeiro, e fez isto na na cidade de Baja Califórnia, no México. A enormidade do projeto era tão inédita que fez com que quase tudo fosse exclusivo e obrigou a construção desde o zero do imenso estúdio, dos cenários, móbília e de toda a grande logística envolvida. O resultado foi a construção de um cenário do navio de cerca de 236 metros de comprimento, pouco menor do que o verdadeiro Titanic, que media 269 metros de de proa à popa.

Abaixo: O Titanic cenográfico fora reconstruído sobre andaimes de aço (do meio até a popa) e uma plataforma com elevação hidráulica (do meio até a proa) para que fosse fisicamente afundado frente às câmeras. O cenário media 236 metros de uma ponta à outra, apenas 26 metros mais curto que o verdadeiro Titanic, e foi construído sobre um gigantesco tanque com três níveis de profundidade e com capacidade de acomodar 64 milhões de litros de água (equivalente à 25 piscinas olímpicas), que foi bombeada diretamente do Oceano Pacífico.

Enquanto que navio histórico real fora feito de aço e consumira exatos três anos para ser concluído na cidade de Belfast (Irlanda do Norte), o grande cenário foi construído num período de 100 dias na cidade de Baja California (México), utilizando aço (estruturas), compensado de madeira (casco e paredes), imitações de milhares rebites feitos com material plástico, botes salva-vidas e a grande maioria dos aparatos de convés reconstruídos com fibra de vidro. Um capricho histórico: os guindastes de suspensão dos botes salva-vidas do cenário realmente eram funcionais, foram reconstruídos pela empresa 'Welin Davit and Engineering Co.', a mesma que fornecera os guindastes para os botes do Titanic em 1912.

Acima: Com 236 metros de uma ponta à outra, a gigantesca reprodução do Titanic foi erigida junto à costa do Oceano Pacífico, suportada por um grande e complexo conjunto de andaimes de aço, parcialmente conectado à um potente sistema de elevação hidráulica. Apesar do caprichado trabalho de reconstituição, o navio não teve sua fachada plenamente reconstruída de ambos os lados: a lateral de bombordo (esquerda do navio) não possuía o enorme paredão negro que simula o casco; a qual não foi construída como meio de contenção de gastos. As cenas ambientadas no lado esquerdo do navio foram então gravadas no lado direito do cenário, e então invertidas (espelhadas) na pós produção, e isto supriu a ausência de parte do cenário.

Não apenas o exterior do navio fora fielmente recriado, mas também um grande complexo de dezenas de locações dos interiores. Das quais pode-se citar a Grande Escadaria em tamanho real e a enorme Sala de Jantar da primeira classe, ambas sobre tablados de elevação para que fossem fisicamente afundadas em frente as câmeras, dispensando a criação de complicados efeitos em computação gráfica.

Reunidas estas e outras dezenas de recriações cenográficas, e um roteiro romântico de apelo amplo, sete meses se consumiram nas complicadas gravações deste épico do cinema.
Somadas as gravações ao vivo, com maquetes, efeitos especiais e computação gráfica, a edição da película resultou em um filme de impacto e apelo inesquecível, arrebatando corações e a crítica ao redor do mundo e se firmando na lista dos grandes épicos do cinema. Titanic chegou a ser anunciado como um “Romeu e Julieta sobre as ondas”.

O que esperar de Titanic em 3D?

No dia 13 último, fui assistir em uma sala IMAX este filme que seguramente marcou a minha vida (ingresso ao lado). Após 15 anos de seu lançamento, jamais poderia imaginar que Titanic voltasse ao cinema, especialmente em dias tão históricos como os deste abril, quando se relembra o centenário do naufrágio do verdadeiro Titanic.

Não tive a oportunidade de assisti-lo no cinema em 1998, quando tinha apenas 12 anos de idade, portanto esta foi uma experiência vivíssima, ainda que contabilizadas as dezenas de vezes que o vi em VHS, na TV e em DVD. De qualquer maneira uma coisa é segura: sentar-se na poltrona de um cinema e passar 3:14 min acompanhando uma produção como esta é algo absolutamente diferente quando comparado à ver Titanic pela TV. Qualidade de imagem, campo de visão, som e imersão histórica são destaques de grande valor.

Assisti a versão legendada, a qual era a única disponível para a sala IMAX. Mas Titanic foi também disponibilizado em versão dublada nas salas de tecnologia 3D comum; porém têm recebido críticas muito negativas devido ao fato de que o filme foi redublado para este relançamento, perdendo a clássica e tão conhecida dublagem que conhecemos desde há muito tempo e que está disponível na versão para DVD.

Considerei como um grosseiro erro o fato de haver a redublagem, visto que todos os estúdios sabem perfeitamente que a partir do momento em que um filme recebe dublagem na sua versão brasileira (que às vezes não é tão boa), a versão nacional se converte automaticamente em definitiva (a não ser é claro, que a dublagem seja ruim, o que não é o caso de Titanic).

A redublagem de um filme, que já era muito bem aceito desde sempre em sua versão brasileira, faz com que perca parte de sua identidade e de sua "alma". No entanto não posso pré-julgar. Pois ainda não conferi a versão com novas vozes.

“Vá ao cinema para mergulhar na história, viver a aventura e se emocionar. Não espere objetos voando e colidindo em seu rosto”

Como já imaginava desde muito antes, a conversão em 3D de Titanic não resultou em objetos voando à minha volta, tampouco sendo jogados na direção do rosto da platéia. São raríssimas as cenas em que se poderia “pegar” virtualmente algum objeto lançado na direção do rosto. Mas toda a conversão traz uma campo de profundidade que faz grande diferença nos momentos mais íntimos, especialmente nas cenas onde há grupos de pessoas ou nos espaços mais “claustrofóbicos” do navio. Grande destaque para as cenas da festa na 3ª classe, onde há grande movimento de pessoas e música alegre, elas fizeram sentir como se estivesse presente, dividindo o mesmo momento.

Outros momentos que fazem o coração saltar no peito e arrancaram instantes de emoção são as tomadas em que se vê o monumental movimento da casa de máquinas e do trabalho nas caldeiras. Estas cenas são de um poder tão forte e a imersão causada pelo 3D somada ao poderoso som realístico fazem o coração palpitar no peito, como se estivéssemos junto dos enormes pistões dos motores que impulsionam o Titanic.

As sequências entre a colisão e o naufrágio são especialmente impactantes, quase capazes de tremer as estruturas e cadeiras do cinema. A impressão é de que tudo pode se inundar e vir abaixo juntamente com a onda que estoura através do domo de vidro da grande escadaria da 1ª classe, ou que explodem pelas vidraças da ponte de comando e colocam fim à vida do Capitão Edward John Smith (vivido pelo ator Bernard Hill).

Não houve a incorporação de qualquer nova cena no filme, ainda que haja na versão de DVD com extras mais de 40 minutos de cenas excluídas. James Cameron não incluiu qualquer cena nova no relançamento. Porém, ao contrário do que ele mesmo afirmou, de que “não alterou nenhum frame de Titanic”, James Cameron corrigiu alguns ínfimos erros, pequenas falhas que dificilmente serão sequer notadas. Dentre elas pode-se citar a “pintura negra” do topo da chaminé que cai sobre os náufragos, que na versão original não possuía pintura nenhuma, pois foi feita utilizando-se do tanque de um caminhão pintado como chaminé, sem topo negro.

Porém as centenas de erros de Titanic podem ainda ser vistos nesta versão para o 3D. O diretor James Cameron afirmou recentemente para uma entrevista à Revista Época que "Cada filme é o retrato de seu tempo" e que "No momento em que alguém têm a brilhante idéia de melhorá-los, eles se desnaturam. Deixam de ser marcos e passam a ser qualquer outra coisa, sempre de menor valor".

E Cameron estava certo ao afirmar isto, e não fez qualquer melhoria de efeitos especiais ou correções maiores, a não ser é claro a límpida conversão para 3D.

Como previamente já havia me interado, a informação de que algumas cenas tornaram-se obscuras ou perderam a qualidade não procede. À exceção de algumas pouquíssimas tomadas exteriores do navio, que perderam minimamente a qualidade (algo perceptível apenas ao expectador de olho mais treinado), o filme ganhou muitíssimo em nitidez e em profundidade do campo de visão.

No contexto geral, Titanic consegue ainda hoje sacudir e emocionar o coração do expectador, especialmente aos que têm um local sempre reservado para esta produção que conquistou a atenção e carinho de tantos pelo mundo afora. Assisti-lo no cinema é uma grande experiência mesmo para aquele que viu e o reviu dezenas de vezes ao longo dos anos. Mas para o admirador que como eu, imergiu na verdadeira história do inesquecível Titanic (a história real), é uma experiência que só não arranca lágrimas se é feito um esforço para não “pagar um mico” na salona escura (e foi o esforço que fiz).
Romântico demais, meloso demais, dramalhão demais... Tudo isto realmente se aplica à Titanic. Mas quem disse que estes aspectos diminuem a grandeza desta obra? Estes são justamente alguns dos destaques que contribuíram para que este filme de produção e história tão brilhantes, se firmasse como um dos maiores sucessos da história do cinema.

"Titanic é daqueles filmes que merecem ser (e será) guardado no coração e na memória de seus fans e admiradores para sempre."

Titanic têm algo a oferecer para a grande maioria da platéia:

História para quem quer história. Emoção para quem se deixa emocionar. Romance para quem têm queda pelo romântico. Ação para os aficionados pelos filmes-catástrofe. Aventura para os corações aventureiros.

Juntem-se todos estes destaques e serão 3:14 min de puro e literal “mergulho”: Mergulho na aventura, mergulho no romance, mergulho na história...

AMEO-O ou DETESTE-O

O direito de crítica é pessoal. E a única coisa inegável é que o filme Titanic é monumental, e responsável por ressuscitar, reviver e espalhar a história do RMS Titanic na cultura popular ao redor do mundo inteiro.

Portanto, não perca tempo apenas lendo as críticas ou revendo-o em seu DVD, compre seu ingresso, MERGULHE NESTA HISTÓRIA e aproveite esta oportunidade que pode não retornar tão cedo, ou mesmo jamais se repetir novamente nas telonas dos cinemas.

Bom Filme

Crítica: Titanic 3D

Descrição: Isabela Boscov explica por que vale a pena assistir o longa do diretor James Cameron, 'Titanic', em sua versão 3D. Com: Kate Winslet, Leonardo diCaprio e Kathy Bates.


Trailer dublado



Pôster


Crédito

Depoimento e edição de texto e imagens: Rodrigo, TITANIC EM FOCO

45 comentários:

Luciano Spears disse...

Eu fui ver o filme 2 vezes (1º fui com meu pai no dublado pq ele detesta filme legendado, e depois fui no legendado), e pra mim o filme ficou INCRIVEL! O 3D ficou ótimo, em cenas como a do jantar, casa das maquinas, da grande escadaria e do bagageiro, a sensação de estar ali, dentro do navio é muito grande. Aliás, é disso que eu mais gostei, prefiro profundidade e não objetos saindo da tela. E quem viu o filme esperando objetos e água "saindo" da tela, lamento, hehe. E pelo que vi Rodrigo, vc foi na sessão legendada, vc ta sabendo que o filme foi redublado??

Alvaro disse...

Ola Rodrigo! bom dia! uma crítica extremamente equilibrada a sua,e mesmo com a sua paixão,se mostra dotada de parcialidade; devo dizer q concordo com as suas apreciações, pois como lhe falei, para mim, foi uma experiência arrebatadora, tanto q me concedi verter lágrimas, especialmente naqueles momentos de grande dosagem romântica. Guiado por um realísmo imprecionante e todas os aspectos q tornaram esta obra tão impactante quanto a trama real, Titanic permanecerá ainda por um longo tempo como uma produção inesquecível, independente de reverências e oposições, pois sua fama consegue suplantar o próprio tempo, e estou certo de q seu nome permanecerá no imaginário de muitas gerações ainda por vir, especialmente daqueles q percebem na história um meio de extrair grandes lições, preservando o passado e resgatando grandes momentos da humanidade. O navio dos sonhos permanecerá navegando nas almas de seus admiradores, contínuos passageiros de uma saga q atravessa o tempo e suas mudanças.Abraço de um grande admirador deste blog, ao qual devo inspiração conhecimento e subsídios para realizar uma pesquisa do mesmo tema
Alvaro

Luciano Spears disse...

Como curiosidade, os novos dubladores são:

Os novos dubladores do Jack e da Rose são os que aparecem entre 02:43 e 03:00
http://www.youtube.com/watch?v=b_CAugZhhoc

Adriana disse...

Adorei seu blog! é realmente ótimo!!! sempre fui apaixonada por Titanic e tinha muita vontade de assistir o filme no cinema,mas era criancinha na época.
Finalmente o dia chegou rsrs primeiro fui assistir dublado com uma grande expectativa, porque eu tinha certeza que o filme tinha ficado ainda mais perfeito em 3D, porém saí de lá bastante chateada, a redublagem não me deixou relaxar e apreciar o filme 100%, creio que a Rose foi a mais prejudicada, com uma vozinha de menininha ... enfim não gostei mesmo, até porque eu sempre gostei da dublagem antiga e vejo essa redublagem como algo grotesco.
Para compensar tudo isso fui ver legendado, é ótimo ouvir a voz da Kate *_* lindaaa, porém gosto mais de assistir filmes em 3D dublado, porque aquele óculos me incomoda e por mais que eu entenda sem a legenda o meu olho insiste em se fixar nela de alguma maneira.
Enfim Titanic é lindo de qualquer jeito ... se eu pudesse dava plantão no cinema pra assistir mais algumas vezes rsrs

tedboy456 disse...

Eu gostei muito do seu blog amigo de uma olhada nos números.Atualizaçao do top 10 Eua incluindo as semanas em cartaz. Titanic 3D

# FILME SEMANAS $* TOTAL*
1º Think Like a Man estreia 33.636.303 33.636.303
2º Um Homem de Sorte estreia 22.518.358 22.518.358
3º Jogos Vorazes 5 14.666.007 357.066.467
4º Chimpanzee estreia 10.673.748 10.673.748
5º Os Três Patetas 2 9.764.214 29.919.660
6º The Cabin in the Woods 2 8.016.075 27.246.247
7º American Pie: O Reencontro 3 5.474.565 48.518.325
8º Titanic 3D 3 5.032.557 52.860.574
9º Anjos da Lei 6 4.750.986 127.217.167
10º Espelho, Espelho meu 4 4.408.179 55.499.932

fonte.http://cinema.uol.com.br/bilheterias/eua/20042012-a-22042012.jhtm




No meu pais Brasil. Esta em 9 Lugar


1.
Os Vingadores - The Avengers
1 1.638.294 1.638.294 DISNEY / BUENA VISTA
2.
American Pie - O Reencontro
2 203.683 760.984 UNIVERSAL PICTURES
3.
Espelho, Espelho Meu
4 131.688 1.582.443 IMAGEM FILMES
4.
Fúria de Titãs 2
5 48.732 2.345.475 WARNER BROS.
5.
Jogos Vorazes
6 36.378 1.857.608 PARIS FILMES
6.
Sete Dias com Marilyn
1 29.585 29.779 IMAGEM FILMES
7.
A Perseguição
2 26.433 118.153 IMAGEM FILMES
8.
Como Agarrar Meu Ex-Namorado
3 22.814 256.308 PLAYARTE PICTURES
9.
Titanic
746 21.966 614.811 FOX FILMES
10.
Xingu
4 20.268 294.002 DOWNTOWN FILMES
11.
O Lorax: Em Busca da Trúfula Perdida
5 17.374 771.393 UNIVERSAL PICTURES
12.
Um Método Perigoso
5 12.685 148.264 IMAGEM FILMES
13.
As Idades do Amor
1 9.544 9.570 CALIFORNIA FILMES
14.
Diário de um Jornalista Bêbado
2 9.280 35.568 Nossa Distribuidora
15.
Eu Receberia as Piores Notícias dos Seus Lindos Lábios
2 5.041 23.550 SONY PICTURES
16.
Raul - O Início, o Fim e o Meio
6 4.551 122.474 PARAMOUNT PICTURES
17.
As Neves do Kilimanjaro
4 3.733 19.240 IMOVISION
18.
A Dançarina e o Ladrão
5 3.425 50.219 PARIS FILMES
19.
12 Horas
3 3.272 153.567 PARIS FILMES
20.
Habemus Papam
7 2.987 83.820 Nossa Distribuidora


fonte
http://www.adorocinema.com/filmes/bilheterias/

Anônimo disse...

Rodrigo, tentei te contactar. O e-mail é o mesmo informado no perfil?

Rodrigo disse...

Sim, o mesmo do perfil, aguardo contato.

Cristhofer disse...

Eu assisti TITANIC duas vezes também, entrei no cinema as 16:30 e fui sair só as 23:30! Realmente PERFEITO, INCRÍVEL! Concordo com as criticas da redublagem, eu percebi que as falas não eram as originais do DVD, uma pena, mas isso não iria estragar a perfeição desse filme!

LUCAS VERTINE disse...

Oi rodrigo meu nome é Lucas Vertini tenho 10 anos,e todo dia logo após chegar a escola vou correndo para o computador,para visitar o TITANIC EM FOCO.
moro em São Bernardo do Campo.
Fui assistir Titanic no cinemark,foi muito legal em 3D ainda, e já assisti Titanic 2 no cinema,comprei o livro no coração do oceano e minha bisavó tem o livro escrito 14 anos nates do naufragio do RMS TITANIC.

ATENCIOSAMENTE LUCAS VERTINE

Rodrigo disse...

Olá Lucas, grato pela atenção e pelas palavras. O Titanic em Foco é mantido justamente para quem quer saber um pouco mais sobre o Titanic, e é sempre bom saber que o conteúdo agrada.

Também ótimo saber que têm o livro, ele é um registro bem histórico e preciso sobre o Titanic, vale a pena tê-lo.

Quanto ao livro de sua bisavô não compreendi muito bem, mas creio que seja o livro de Morgan Robertson. Seria este?


Até

LUCAS VERTINE disse...

Ola Henrique desculpe-me é o livro de MORGAN ROBERTSON.


ATENCIOSAMENTE LUCAS VERTINE

LUCAS VERTINE disse...

Descupe-me novamente errei seu nome eu coloquei henrique o certo é Rodrigo


ATENCIOSAMENTE LUCAS VERTINE

LUCAS VERTINE disse...

Ola Rodrigo.Estive comparando,o TITANIC EM FOCO com a WIKIPEDIA.
Ambos falem sobre o RMA TITANIC,
o TITANIC EM FOCO É 20X MELHOR QUE A WIKIPEDIA;porque é uma falta de respeito qundo voce entra em portugues aparecem poucas coisas e quando voce coloca em ingles aparecem inumeras coisas.

NA wikipédia digite RMS MAURETANIA coleque em portugues primeiro vão aparecer umas 15 não aparece nem os tamanhos do navio linhas e em ingles quase que um livro.Quando estiver no igles copie tude e cole no google translate(inges para portugues)
vera tudo sobre o RMS MAURETANIA.

ATENCIOSAMENTE LUACS VERTINE

LUCAS VERTINE disse...

Ola Rodrigo.No Comentário a cima escrevi algumas palavras erradas não me dei conta de que estava escrito errado, perdoe-me vou colocar uma lista das palavras escritas erradas e ao lado as palavras certas.

Erradas Certas

voce você
portugues português
igles inglês
luacs Lucas

No segundo paragrafo na 2 e 3 linha esta escrito

vão aparecer umas 15 não aparece nem os tamanhos do navio linhas.

se você perceber vera que esta escrito: umas 15 não aparece nem os tamanho do navio linhas.
Era para estar escrito Vão aparecer umas 15 linhas nem aparecem os tamanhos do navio.

ESPERO QUE ENTENDA A MENSAGEM ENVIADA!

ATENCIOSAMENTE LUCAS VERTINE

Anônimo disse...

Rodrigo vc tem outro blog,que fala sobre o Titanic tbem,qual é o link dele ??
E eu queria saber mais uma coisa quantos documentários o James Cameron fez e que vc postou nesse blog ?

Obrigado

Rodrigo disse...

Olá LUCAS

Realmente, a wikipedia têm uma desproporção muito grande de informações quando alterada entre inglê e português. Uma pena, pois a informação deveria ser exatamente a mesma em qualquer idioma que fosse.

...................................
ANÔNIMO

Olá. Tenho apenas este blog. Os outros dois blogs em português que falam sobre o Titanic são de dois amigos: "Titanic Momentos" (Brasil, Minas Gerais) e "Titanic Fans" (Lisboa, portugal), ambos de amigos.

LINKS

titanicmomentos.blogspot.com
titanicfans.blogspot.com

Ou acesse diretamente pela barra direita do blog, há os ícones de ambos bem grandes.

JAMES CAMERON fez 04 documentários sobre o Titanic:

1998 - "Titanic: Breaking New Ground" (making of do filme)
2003 - "Ghosts of the Abyss" (mergulho aos escombros)
2005 - "Last Mysteries of the Titanic" (mergulho aos escombros)
2012 - "Titanic: The Final Word with James Cameron" (estudo técnico de como aconteceu o naufrágio realizado quase todo em estúdio)

De todos estes postei apenas o 1º no blog, mas uso os outros como referência em várias matérias.

Até

LUCAS VERTINE disse...

Ola Rodrigo.Eu gostaria lhe fazer a seguinte pergunta:Quantos metros tinha A GRANDE ESCADARIA?

ATENCIOSAMENTE LUCAS VERTINE.

Rodrigo disse...

Oi Lucas

Nunca li qualquer informação sobre este dano numérico, isto geralmente não é levado em conta em descrições do navio.

Mas posso fazer uma média aproximada:
A escadaria na proa ocupava exatamente 07 andares e mais o teto de vidro elevado que recobria a cúpula. Levando-se em consideração que em média cada pavimento tinha 3 metros de altura (isto é apenas uma valor médio, não é exato), isto gera um valor entre 20 e 25 metros (8 pavimentos X 3 metros em cada um = 24). Asim então pode-se dizer que a Grande Escadaria na proa, do piso no convés F até o topo da cúpula, media aproximadamente algo entre 20 e 25 metros de altura total.

LUCAS VERTINE disse...

Ola novamente Rodrigo.Quero lhe fazer outra pergunta:Qual é a diferença entre a escadaria de popa e a escadaria de proa?

ATENCIOSAMENTE LUCAS VERTINE

Rodrigo disse...

Prefiro te responder indicando a matéria "A Grande Escadaria do Titanic" ou a matéria "Dentro do Titanic, uma Visão Geral".

Nestas duas matérias há a descrição completa de todas as diferenças da Escadaria na popa com relação à Escadaria na proa.

Em ambas as matérias a explicação e as fotografias são padronizadas (são exatamente as mesmas), portanto fica à sua escolha, basta que você encontre dentro de qualquer uma das duas o tópico "A Grande Escadaria da Popa".

LUCAS VERTINE disse...

Para mim a coisa mais bonita no RMS TITANIC é A GRANDE ESCADARIA e a IMPONENTE CÚPULA.Eu e a minha amiga de escola estamos projetando um navio imenso quase impossível de afundar(não direi a mesma palavra dita sobre o TITANIC:nem DEUS poderá afundar esse navio)felizmente o navio não poderá afundar com tanta facilidade.Ele terá 200 compartimentos estanques e 10 camadas para o casco(impossível o casco rasgar como o do TITANIC, o nome dele é TITAN.O navio vai ter uns 1010metros de comprimento,82metros de altura e 37 de largura.
Se um dia você estiver vendo televisão e falar sobre o maior navio do mundo CHAMADO TITAN ligue para mim eu te dou uma passagem grátis para classe presidencial,numa SUITE:MASTER KING DELUXE a mais cara e luxuosa do navio,só tem 2 dessas uma para mim e para minha esposa e uma para você.A suite MASTER KING DELUXE,A SUITE TEM CAPACIDADE PARA COMPORTAR MAIS O MENOS 20 HÓSPEDES COM 3 QUARTOS PRINCIPAIS COM BANHEIRO,2 CAMAS KING COM MASSAGEM,HIDROMASSAGEM,2 CAMAS DE SOLTEIRO QUE PODEM SE TRANSFORMAR EM CAMA DE CASAL QUEEN-SIZE,2 CAMAS ESTILO PULLMAN,DOIS BANHEIROS ADICIONAIS COM BANHEIRAS,UMA AREÁ DE DESCANSO ESPAÇOSA,2 MESAS DE JANTAR,1 VARANDA PRIVATIVA COM ESPREGUIÇADEIRAS E MESA DE BAR,2 SALAS DE JANTAR,7 TV´S DE TELA PLANA,3 JACUZZIS,UM PIANO DE CAUDA,1 AREÁ DE REFEIÇÃO EXTERNA E 7 NOT BUKS.O NAVIO É EQUIPADO COM 97 SUBMARINOS.

VOCÊ NÃO PODE PERDER ESTA OPORTUNIDADE DE VIA JAR NO MAIOR NAVIO DO MUNDO.


ATENCIOSAMENTE LUCAS VERTINE

LUCAS VERTINE disse...

Ola Rodrigo.Esta semana estive verificando a arvore geneologica da família VERTINE,e encontrei a minha tataravó MOLY VERTINE ZIUGÁNOVSK MOZART(minha família é formada por RUSSOS,UCRANIANOS,ALEMÃES E NATURALIZADOS NA FRANÇA)e,perguntei um para minha mãe um pouco sobre a vida dela e minha e minha mãe disse que ela havia embarcado no RMS TITANIC na primeira classe,lá ela conheceu meu tataravô BEETHOVEN ZIUGÁNOVSK,foram um belo e feliz casal parecia que todo navio que afundava eles estavam o RMS TITANIC,O LUSITÂNIA,O BRITANNIC E.T.C.OS dois sobreviveram a tudo isso e morreram em 1977.

ATENCIOSAMENTE LUCAS VERTINE ZIUGÁNOVSK

Lucas Vertine disse...

Ola Rodrigo a quanto tempo.Eu gostaria de saber como os construtores sabiam o peso dos navios antigamente?

Rodrigo disse...

Oi Lucas

Não sei te responder com certeza, pois nunca li nada a rspeito. Mas é quase certo que eles calculavam o peso com uma fórmula padronizada. Isto é bem comum em obtenção de metros cúbicos de uma figura tridimensional em matemática (apesar de eu mesmo não entender nada a respeito).

LUCAS VERTINE disse...

Ola Rodrigo eu odeio matemática por isso não entendia nada do que você falou mas disfarça.Você acha que se o RMS TITANIC fosse feito de titanium ou iridio(um dos metais mais fortes existentes)ele naõ poderia afundar?

ATENCIOSAMENTE LUCAS VERTINE.

Rodrigo disse...

Oi Lucas.
Bom, o único meio de responder a esta pergunta de modo concreto seria o teste "ao vivo".

Mas se o navio fosse completamente feito em metal de extrema resistência, especialmente os rebites, possivelmente os danos seriam menores.

O que causou o naufrágio (ao que se sabe), não foi aço ragado e nem partido. Mas sim o rompimento de rebites causado pela stress da colisão. As chapas do casco não se rasgaram, mas se separaram no momento da colisão devido ao choque com o iceberg e ao rompimento de rebites.

Mas isto é apenas um pensamento longe de qualquer realidade. Tento me concentrar unicamente nos pontos históricos.

Lucas Vetine disse...

Ola Rodrigo.Estou falando daqui da minha escola.Queria perguntar se o casco foi perfurado.



Atenciosamente Lucas Vertine

Rodrigo disse...

Olá Lucas

Bem, não posso fornecer resposta técnica definitiva sobre o assunto, porque sou apenas mais um curioso admirador. Unicamente isto.

Mas de todos os melhores estudos que já lí, de todos os documentártios que assisti, a resposta é apenas uma: O casco do navio não foi rasgado de maneira nenhuma. O que aconteceu foi um rompimento de rebites em vários pontos ao longo do casco, causado pelo choque com o iceberg.

A batida de raspão entre o navio e o iceberg causou o rompimento de rebites e a separação de várias junções de placas de aço do casco (que mediam 2,5 cm de espessura).

Com várias placas separadas ao longo da parte frontal do navio, era inevitável a entrada de toneladas de água e o inevitável naufrágio.

*** Lembrando que nenhuma expedição realizada desde 1985, quando o navio foi redecoberto, conseguiu gravar ou fotografar os danos com o iceberg, visto que o Titanic está firmemente atolado no solo marinho. Cerca de 07 andares da parte frontal do Titanic estão "enfiados" no solo, devido à forte colisão com o fundo do mar; e isto fez com que todos os danos causados pelo iceberg ficassem totalmente escondidos e fora do alcance das câmeras.

LUCAS VERTINE disse...

Ola Rodrigo gostaria de saber se você tem facebook?


ATENCIOSAMENTE LUCAS VERTINE

Rodrigo disse...

Oi Lucas, pelo menos por enquanto não tenho face, optei por não ter nem para mim, nem para o blog.

LUCAS VERTINE disse...

Olá Rodrigo.Você tem alguma rede social?

ATENCIOSAMENTE LUCAS VERTINE ZIUGÁNOVSK.

Rodrigo disse...

Apesar de quase não ativo, ainda tenho orkut. Caso queira me encontrar, basta pesquisar por "Rodrigo Piller".

Até mais.

LUCAS VERTINE disse...

Ola Rodrigo,há quanto não?Acabei de voltar dos estaleiros da Royal Caribbean nossa la é um ual,é espetacular.Você é de alguma religião?(saindo um pouco do assunto RMS TITANIC,desculpe).

ATENCIOSAMENTE LUCAS VERTINE

Rodrigo disse...

Oi Lucas

Sim, sou católico. Mas não oriento minha crença tendo como guia as regras da igreja. Deus está acima de qualquer igreja e de qualquer regra ou método de pregação.

Qual o motivo da pergunta?

LUCAS VERTINE disse...

Nenhum motivo perguntei só por perguntar.

ATENCIOSAMENTE LUCAS VERTINE

LUCAS VERTINE disse...

Ola novamente.Meu irmão fala que eu sou louco pelo TITANIC,mas eu sempre digo:Não é loucura e sim paixão.Bom pelo menos eu e você temos em comum.Olha acho que todos nós sabemos quem é DEUS sabemos sobre seu amor,mas ainda há uma meio que angustia lembrando sobre o TITANIC,eu nunca vou querer intimidar a DEUS mas por que aconteceu aquela tragédia com TITANIC tudo bem naquele momento o homem se engradeceu falando aquilo mas por que aquilo aconteceu muitas vidas morreram ali talvez gente de bem que não queria fazer o mal.Pode me chamar de emotivo mas toda vez que eu vejo TITANIC eu choro não pelo Jack e sim pelo navio quão a dificuldade de construir aquele navio para ele ir a pique tudo bem DEUS é o nosso criador mas ao mesmo tempo o fogo que nos consome mas por que aquilo se vc acha a mesma coisa diga mas não se engrandeça diante dos olhos do pai.

ATENCIOSAMENTE LUCAS VERTINE

Rodrigo disse...

Oi Lucas

Esta "paixão exagerada" gnhará novo tom e motivo com o passar do tempo, te garanto. Foi o que aconteceu comigo.

Hoje quando sigo tendo contato com a história (seja a real, seja a arte, seja os filmes), estou sempre com um olhar para o que posso extrair de bom deste contínuo contato. Mantenho o blog porque creio que o legado histórico relacionado ao Titanic têm algo de construtivo à oferecer, e não apenas fanatismo. Sempre fui e continuo sendo contra fanatismo.

Quanto à relação que a tragédia do Titanic têm com o próprio Deus, creio que seja totalmente positiva. Deus não mata, não castiga e não fere ninguém. Muito pelo contrário, ele permite que todos tenhamos a completa liberdade de agirmos como quisermos; e do mesmo modo também permite que enfrentemos todas as consequências de nossas atitudes: sejam as atitudes positivas ou negativas. Ou seja, ele oferece a completa liberdade, tanto de agir, quanto de enfrentar boas ou más consequências.

Não há qualquer fonte que eu tenha encontrado em qualquer lugar (site, livro, jornal, documentário), que confirme que que qualquer pessoa tenha desafiado a Deus em relação ao Titanic. Ninguém disse qualquer frase, ninguém escreveu qualquer blasfêmia contra Deus em relação ao Titanic na época. Isto é mito gerado no pós-tragédia.

A questão é que o Titanic foi criado em uma época que passava por uma rápida revolução tecnológica. E é óbvio, as pessoas tinham uma falsa impressão de grande segurança, estabilidade. Consequentemente as atitudes dos que o construiram e daqueles que o guiavam naquela viagem eram também de excesso de confiança e de estabilidade.

E é aí que entra a questão de ação reação: a confiança exagerada resultou em descaso para as regras simples de navegação segura. O resultado todos sabemos.

Deus não mata, não fere, não castiga ninguém. Mas permite que sejamos livres para escolher, e sejamos também afetados pelas boas ou más atitudes. Não é ele quem gera as más consequências, quem as gera somos nós mesmos.

O Titanic não foi vítima da ira de Deus, mas sim da extrema confiança do homem. Foi o homem quem agiu errado e foram os homens que enfrentaram as consequências ruins naquele abril de 1912.

O resto das lendas e o mentirioso romantismo relacionado ao Titanic nasceu depois da tragédia.

LUCAS VERTINE disse...

Oi Rodrigo

Se o TITANIC era quase exatamente como o OLIMPC por que ele também não foi a pique se era exatamente igual em aspectos de navegação?Porque eu acho que o que a mesma confiança e olha que ele passou por mais tragedias que o TITANIC,então ai vem a questão por que o OLIMPC não foi a pique ou o MAURETANIA ainda mais que o MAURETANIA tina sei lá menos tecnologia mas nunca naufragou?


ATENCIOSAMENTE LUCAS VERTINE

Rodrigo disse...

Oi Lucas

Bom, aí me parece que não é preciso nem muita análise: Se qualquer outro navio da época tivesse tido a má sorte de ter colidido com o iceberg sob exatamente as mesmas condições sob as quais o Titanic naufragou... possivelmente o resultado seria similar (ou não) à tragédia do Titanic. O resultado obviamente iria variar de navio para navio, visto que cada um deles é construído de modo exclusivo e com detalhes técnicos que variam. Nem mesmo navios gêmeos se comportariam de modo exatamente idêntico se fossem submetidos à mesma situação.

Mas absolutamente todos os navios da época não estavam preparados para o tipo de situação encontrada pelo Titanic.

Mas não me concentro em "se(s)" e porquê(s)". Prefiro me concentrar na história tal como ela é.

LUCAS VERTINE disse...

OI Rodrigo

Quando você fizer um face me avisa que eu vou te procurar.

ATENCIOSAMENTE LUCAS VERTINE

LUCAS VERTINE disse...

Oi,Rodrigo.

Você ira postar alguma coisa sobre o RMS BRITANNIC?

ATENCIOSAMENTE LUCAS VERTINE KENDAVEL MIRRAILOVIS ZIUGANOVSK(LUCAS VERTINE)

Rodrigo disse...

Oi Lucas. Sim, ainda vou editar uma matéria sobre o Britannic. Ainda sem previsão de quando irei publicar.

LUCAS VERTINE disse...

Hy Rodrigo

A tempo eu tento encontrar as informações sobre o SS POSEIDON só que não encontro se vc encontrar me passa o nome do site.

ATENCIOSAMENTE LUCAS VERTINE KENDAVEL MIRRAILOVIS ZIUGANOVSK(LUCAS VERINE)

Rodrigo disse...

Lucas, "SS Poseidon" é um navio ficcional criado pelo escritor Paul Gallico para seu livro "The Poseidon Adventure", lançado em 1969, inclusive tenho o livro, mas nunca lí. Não tenho o mesmo interesse por histórias da ficção.

Este livro inspirou o famosíssimo filme-desastre "O Destino do Poseidon", de 1972, que foi um estrondoso sucesso. E justamente devido ao sucesso, ainda foram feitos mais 03 filmes que se passam no navio "SS Poseidon": "Dramático Reencontro no Poseidon" (1979), "The Poseidon Adventure" (2005, para a TV) e "Poseidon" (2006, o mais recente de todos).

Assisti todos os filmes, e os melhores são sem dúvida o de 1972 e o de 2006.

Um curiosidade interessante é que o filme "O destino do Poseidon" de 1972 foi parcialmente gravado à bordo do navio RMS Queen Mary. E O Quenn Mary também foi cenário para os filmes sobre o Titanic: "Voyagers" (1983), "No Greater Love" (1995) e "Titanic 2" (2010), além de ter servido de cenário para dezenas de outros filmes e documentários ao longo dos anos.

Por isto, tudo o que você encontrar sobre o "SS Poseidon" será sobre um história ficcional, pois ele é também um navio ficcional.

LUCAS VERTINE disse...

Helo,Rodrigo

Se você encontrar foto do RMS LUSITANIA naufragado me passe os links.

ATENCIOSAMENTE LUCAS VERTINE KENDAVEL MIRRAILOVSK CHAIKOV GAVRILOVSK(LUCAS VERTINE)