oncontextmenu='return false'>expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

quinta-feira, 21 de julho de 2011

O Titanic "RENASCE" na arte de Ken Marschall

Acima: O Titanic ancora na cidade de Chebourg, França, no fim da tarde de 10 de abril de 1912. Junto do navio atraca o recém lançado SS Nomadic, também de propriedade da Companhia de navegação White Star Line. Aqui embarcaram mais 274 passageiros da 1ª, 2ª e 3ª classes, e desembarcaram 24 "sortudos" que escaparam da tragédia em 15 de abril, apenas cinco dias depois desta bela cena.
(Ken Marschall, 1977)

Seja bem vindo ao TITANIC EM FOCO


Assistindo à um filme ou documentário, lendo um livro ou navegando pela Internet, você já se deparou com uma imagem colorida do RMS Titanic que lhe deixou encantado ou mesmo te fez pensar que aquela poderia ser uma fotografia real do navio?

A matéria de hoje vai contar quem é o artista responsável por estas ilustrações que fazem o Titanic "RENASCER" de um modo nada menos que espetacular.


BOA LEITURA


No mundo da arte náutica, particularmente do Titanic, seu nome é bem conhecido. Na verdade Ken Marschall é mundialmente reconhecido como o principal e maior artista ilustrador no que se refere ao Titanic.

Ken Marschall nasceu 28 de outubro de 1950 em Whittier, Califórnia. Muito jovem, ele já demonstrava uma forte paixão por desenho e pintura. Aos sete anos começou a se interessar por navios e naufrágios, e esta paixão pelo Titanic foi despertada através do filme "Titanic" de 1953.

Em 1967 Ken Marschall pintou o seu primeiro trabalho real, que representava o Titanic cortando as ondas. Embora rejeitado pelo júri de um concurso no qual se increveu, sob o pretexto de que seu trabalho era muito realista, este trabalho também permitiu que recebesse sua primeira encomenda.

Ken Marschall


Ken Marschall fala sobre o trabalho acima:

Minha primeira pintura, feita em 1967 quando eu tinha 16 anos, obviamente "primitiva".

Em meados dos anos de 1960 ele estava trabalhando para construir uma maquete própria do navio, e precisando de informações, entrou em contato com o historiador Walter Lord, autor do livro A Night to Remember, lançado em 1955. Os dois posteriormente mantiveram correspondências frequentes. Isso também permitiu à ele integrar-se na Sociedade Histórica do Titanic e construir amizade com outros fãs e admiradores.

O pesquisador e escritor Walter Lord (ao fundo, à esquerda) acompanhado por Eva Hart e Frank Aks, ambos sobreviventes do naufrágio.

Nos anos seguintes Ken Marschall recebeu encomendas de admiradores de navios, especialmente do Titanic. Em 1977, ele ajudou a desenvolver um enorme modelo do Titanic para o filme Raise The Titanic, o qual media 17 metros de comprimento.

Logo depois entrou para uma empresa de efeitos especiais, na qual foi chamado pelo diretor James Cameron para pintar uma cena de fundo do filme Terminator. Já naquela época James Cameron ficou fascinado por seu trabalho.

Além disso, Ken Marschall conheceu muitas pessoas relacionadas ao Titanic, incluindo vários sobreviventes da tragédia, e criou uma extensa coleção documental relacionada ao navio. Em 1985, depois de 73 anos da tragédia, os destroços do Titanic foram descobertos e no ano seguinte uma pintura de Ken Marschall foi capa da revista Time, uma reputada revista norte-americana.

O estilo de pintura de Ken Marschall é quase uma falta de estilo, são “retratos históricos” tão complexos em detalhes, tão precisos, tão deslumbrantes em sua iluminação e drama, que às vezes são confundidas com fotografias. Suas obras estão representadas em coleções notáveis, incluindo a National Geographic Society e a National Portrait Gallery.

Em 1996, ele juntou-se ao historiador Don Lynch para escrever o livro "Titanic, an Illustrated History" ( Tradução: Titanic, uma História Ilustrada ). O livro reconta toda a trajetória do Titanic através de um texto primoroso escrito por Don Lynch e pinturas feitas por Ken Marschall, além de fotografias de época.

Seu trabalho neste livro é tão impressionante que inspirou o escritor e diretor James Cameron nas gravações de Titanic (1997), e sua influência pode ser vista em inúmeras cenas do filme, nas quais se pode notar claramente que as pinturas de Ken Marschall serviram como guia visual. As imagens abaixo mostram as cenas onde as ilustrações de Ken Marschall inspiraram o diretor James Cameron.

A arte de Ken Marschall....uuuuuuuuuu e as recriações do diretor James Cameron

Nas imagens abaixo vê-se um membro da produção de Titanic (1997) segurando nas mãos um exemplar do livro "Titanic, an illustrated History" de Ken Marschall, enquanto os botes salva-vidas são posicionados no mar para serem gravados em posições similares à pintura de Marschall.

O resgate por Ken Marschall....uuuuuuuuuu e a recriação do diretor James Cameron

A familiaridade incrível Ken Marschall com cada detalhe do navio lhe rendeu a sua escolha por James Cameron como historiador visual também para o documentário em 3 D “Ghosts of the Abyss” de 2002, no qual o próprio Ken Marschall chegou a atuar no papel de Joseph Bruce Ismay.

A arte de Ken Marschall não é limitada apenas ao Titanic, seu trabalho pode ser conferido de forma mais ampla no livro “Lost Liners”, publicado em 1998, o qual reconta a história de alguns dos maiores e mais famosos navios naufragados. Neste livro há uma vasta gama de pinturas de Ken Marschall, incluindo também o Titanic.

O livro "Ken Marschall's Art of Titanic", publicado em 2008, apresenta o vasto trabalho de Ken relacionado ao Titanic de modo mais intimista. Neste livro ele relata toda sua trajetória de paixão e trabalho através de dezenas de suas magistrais pinturas e esboços.

O fantástico trabalho de Ken Marschall também pode ser conferido no livro "Inside the Titanic" (Por Dentro do Titanic, no Brasil). Este livro é destinado ao público infantil e é de grandes proporções, porém com apenas 32 páginas. As imensas e detalhadas ilustrações nesta publicação encantam pela beleza.

Declarações de Ken Marschall

Em 1997 Ken Marschall esteve envolvido na produção do filme Titanic do diretor James Cameron, filme no qual foi convidado a prestar consultoria visual para a construção dos cenários. Ken Marschall não pôde estar integralmente envolvido nas gravações porque já estava trabalhando em outro projeto, mas visitou por várias vezes os estúdios. Abaixo ficam duas declarações feitas pelo artista sobre o deslumbramento destes cenários fielmente reproduzidos.

Sobre o cenário do navio

"Meu cenário favorito é o do navio, o cenário um, era praticamente o navio inteiro. As alturas dos conveses eram precisas, a largura do navio era precisa."Link

Sobre a Grande Escadaria

"Após 30 anos estudando com tanto afinco e pintando o navio tantas vezes... ver isto em três dimensões ao vivo, estou realmente sem palavras."
Os trabalhos

As pinturas de Ken Marschall estão amplamente "espalhadas" pela Internet, mas nos vídeos a seguir pode-se ver uma grande coleção delas, acompanhe.




Rodrigo, TITANIC EM FOCO - Trouxe esta matéria para o blog por um motivo especial: da mais distante lembrança que eu possa ter em mente, sempre fui encantado pela arte, os trabalhos artísticos, sejam eles quais forem, sempre me fascinaram. Ao ver as imagens do Titanic retratadas de modo tão realista foi impossível não querer saber quem era o artista responsável por "ressuscitar" o navio.
Ken Marschall é o mais alto escalão no que se refere em arte ilustrada do Titanic, ele não apenas "pinta" o navio, mas em cada uma de suas obras há uma profunda pesquisa sobre cada componente, cada aspecto, cada janela, cada chapa de aço, tudo aliado à um vasto conhecimento técnico.

Não é apenas arte, é uma pesquisa estruturada, a qual é unida com talento e resulta em obras que hoje ilustram dezenas de documentários, livros, publicações e se espalharam pela Internet como poeira no vento.

É "ARTE TRIBUTO" no mais alto padrão que se possa imaginar.

Esta é minha mensagem a todos os artistas, independente de ilustrarem o Titanic ou aplicarem seu talento naquilo que traz emoção à alma:

A ARTE

Crédito

Pesquisa, tradução e reedição de texto e imagens - Rodrigo, TITANIC EM FOCO

Um comentário:

SERGIO JUNIOR disse...

Lindo Post,sem palavras,com certeza Ken Marshall é um artista que deve ser lembrando,pois como disse,suas obras estão espalhadas na internet como poeira no vento.

Parabéns pelo post.